Diretor na Band, Zeca Camargo surpreende e pede dicas a Boni no Roda Viva

Zeca Camargo
Zeca Camargo pediu dicas para Boni (Imagens: Reprodução – TV Cultura/ Montagem – RD1)

Zeca Camargo foi um dos entrevistadores do Roda Viva, da TV Cultura, desta segunda-feira (14), e surpreendeu o convidado da noite: José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni. No diretor de produção da Band, o apresentador pediu dicas ao ex-diretor geral da Globo.

Num dos momentos da atração, enquanto falava sobre reality show, o jornalista disse: “Essa é uma pergunta disfarçada, eu quero mesmo saber qual o conselho você daria para um jovem diretor de conteúdo de produção hoje em dia. É sempe exigir a excelência? Sempre querer o melhor?”.

Com muita simpatia e aos risos, Boni respondeu: “A primeira coisa que tem é que tudo pode ser melhor, não há nada na vida que não pode ser melhor. Eu sempre defendi isso em tudo o que fiz, não só na televisão”.

O fundador da TV Vanguarda também garantiu que Zeca Camargo estará muito bem acompanhado da Band e falou sobre ele experimentar muitas coisas, mas que busque sempre mais acertos do que erros.

Em outro momento do Roda Viva, o jornalista afirmou: “Você é um homem do seu tempo, é claro, sempre sabendo o que está acontecendo. Certamente acompanha rede social, sabe o poder e a influência, mencionou até aqui que, muitas vezes, a rede social é um tribunal e às vezes apressado. Agora, com relação a audiência e popularidade em rede social, queria que você estabelecesse ou ajudasse a jogar uma luz sobre a relação entre elas”.

“Muitas vezes a gente tem um ídolo enorme nas redes sociais que não funciona na televisão. Mas a recíproca não é verdadeira e o Big Brother Brasil é o maior exemplo disso. A pessoa que sai do Big Brother ela vira, automaticamente, uma influencer. Essas duas coisas conversam ou são raias paralelas? A influência em rede social pode ser comparada à influência na TV? E elas se cruzam?”, perguntou Zeca Camargo.

O pai do Boninho, então, afirmou que os dois meios devem estar juntos, mas sempre pensando em utilizar linguagens diferentes.

Mais uma vez mostrando o seu interesse na busca por dicas do convidado, o diretor da Band também quis saber: “Como fazer para novas gerações assistirem TV? Está claro que talvez essas gerações estão sendo formadas numa outra mídia. Como é que a gente faz? E aí quem pergunta é o atual diretor de produção. Como é que a gente chama novas gerações para a TV?”.

O ex-diretor da Globo aproveitou o questionamento para criticar a falta de interesse das emissoras em investir em conteúdos infantis, promovendo, assim, um afastamento das novas gerações da televisão.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.