Duda Reis deixa tabus de lado e fala sobre tratamento com remédios

Duda Reis
Duda Reis revelou que faz tratamento psiquiátrico (Imagem: Reprodução / Instagram)

Sem tabus, Duda Reis falou sobre o tratamento psiquiátrico que faz para conseguir ter uma boa saúde mental. A declaração aconteceu nos Stories do Instagram, após a influencer abrir uma caixa de perguntas.

“Duda, faz tratamento com remédios para ansiedade/pânico: Conta um pouco pra quem tem medo de tomar“, pediu uma seguidora.

“Eu faço e não abro mão! O tratamento psiquiátrico, apesar de ainda ser um tabu, só tem uma finalidade: Te ajudar“, afirmou a atriz.

“Não são em todos os casos que somente a terapia supre as necessidades do seu ‘problema’. Às vezes é necessária uma interferência química e médica para mandar para seus neuro-receptores exatamente o que está faltando e te deixando assim. Super normal e necessário!”, completou.

Vale lembrar que essa não foi a primeira vez que a influencer falou sobre sua saúde mental. Recentemente, em uma conversa com os fãs, Duda Reis contou: “Minha ansiedade é bem forte e se potencializou bastante nos últimos tempos. Saúde mental não é brincadeira e precisamos dar a devida importância para esse assunto que sempre é tratado como tabu”.

Na sequência, a atriz ainda explicou o que faz para diminuir as crises: “O primeiro passo é reconhecer que você precisa de ajuda. Eu faço terapia e trato minha ansiedade seguindo o que os profissionais da área me indicam. Ao mesmo tempo, busco fazer coisas que amenizem isso: me dou meu tempo quando necessário, trabalho minha respiração, voltei pro yoga, faço atividade física (a endorfina me ajuda muito) e busco ficar perto de pessoas que não minimizem o que o outro sente”.

Por fim, Duda, que já passou por uma série de acontecimentos delicados, finalizou: “Muitas coisas aconteceram muito rápido na minha vida, e acho que a internet maximiza muito essa sensação em que todos os que usufruem da mesma. Muita informação, muita coisa ao mesmo tempo… Já tive muitas crises de pânico por isso também, mas hoje me sinto melhor e bem mais estável. Terapia é vida e, como eu disse, tenho as minhas válvulas de escape”.

MAIS LIDAS

Carol Bittencourt
Caroline Bittencourt é jornalista, pós-graduada em Comunicação e Design Digital. Atua como redatora e produtora de conteúdo para redes sociais.
Veja mais ›