Eduardo Sterblitch fala sobre ficar nu no palco
Eduardo Sterblitch falou sobre ficar nu no palco (Imagem: Divulgação / Globo)

Uma das estrelas da nova temporada do “Amor e Sexo”, cuja estreia ocorreu na última terça-feira (09), Eduardo Sterblitch falou sobre a experiência de ficar nu no programa e relembrou momentos marcantes de sua carreira.

“Foi libertador. Eu fico pelado no programa, de um jeito bem pelado mesmo. Sempre tive problema com nudez, inclusive com a minha mulher (a atriz Louise D’Tuani). Demorou para eu ficar pelado com muita luz. Sempre preferi o escuro por vergonha, pudor. E no programa tive essa oportunidade. Acho que ninguém nunca ficou tão pelado quanto eu na Globo”, disse em entrevista ao jornal Extra.

“Fiz pirocóptero na cara do Juliano Cazarré. Foi ótimo, nós dois adoramos (risos). Na verdade, foi meu Erê, não fui eu que fiz aquilo (risos)! A gente tem essa questão de erotizar a nudez. E não! Nós é que temos uma mente pornográfica. O corpo não é erótico. Não sou bonito pelado, é só revelador”, contou o artista.

Eduardo explicou que o programa quer leveza ao tratar de assuntos sérios, como é o caso da autoaceitação, e disse que esse trabalho pôde abrir sua mente sobre o tema. “Grande parte da população, principalmente os homens, teve educação sexual baseada em filme pornô. E não é o que representa o sexo real. A gente aprendeu a fazer sexo pra gente, usando a mulher como objeto do nosso prazer final. Encaram como uma coisa proibida, suja. E o programa mostra que sexo é normal. Ele liberta nossa criatividade, libido, inspira, provoca!”, revelou.

Fora do “Pânico”, o ator falou que o “Amor e Sexo” representa uma nova fase para sua vida e carreira. “Saí porque achei que estava fazendo mais do mesmo. Queria me provocar em outros lugares, agregar um público diferente. Seria mais confortável ter permanecido, me ofereceram mais. Mas saí para ficar desempregado, e as pessoas achando que fui para a Globo para ganhar dinheiro. Sempre quis fazer sentido, nunca quis fazer sucesso. Sem dúvida, o ‘Amor & Sexo’ me tornou um cidadão melhor, um filho melhor, um futuro pai melhor… Estou louco para ter um filho drag queen! Sempre fui um cara liberal, e agora isso faz todo o sentido!”, contou.

Saiba Mais:

Eduardo Sterblitch vive Chacrinha jovem em filme; confira

Tatá Werneck e Eduardo Sterblitch protagonizarão nova sitcom dos autores de “Os Normais”

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!