Elza Soares é homenageada por instituição de Beyoncé

Elza Soares
Elza Soares foi citada pela página oficial da instituição (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

A cantora Elza Soares chegou aos 91 anos nesta quarta-feira (23) e ganhou uma homenagem especial. No Twitter, a instituição de caridade BeyGOOD, de Beyoncé, compartilhou uma foto da artista brasileira.

Além da homenagem à Elza, a página celebrou também o Mês da Música Negra, que é comemorado nos Estados Unidos. “Celebrando o esplendor e criatividade de músicos pretos que influenciaram o mundo com sua arte“, disse o perfil.

Nos comentários, seguidores ficaram eufóricos com a postagem. “Diva maravilhosa“, disse um. “Elza Soares, a voz das favelas, dos negros, da nossa periferia. Salve Elza!“, postou outra. “BeyGOOd chegou com tudo no Brasil!“, escreveu mais um. “BeyGOOD homenageando uma brasileira incrível“, comentou uma quarta pessoa.

Em março, Elza tomou a segunda dose da vacina contra a Covid-19 e, ao exibir o momento, lamentou os recordes sucessivos de mortos e casos no Brasil:

“Essa doeu! Não na carne, mas no peito. Doeu e dói, quando penso nas pessoas que não terão a mesma chance de tomar a vacina a tempo. Quantas famílias sonharam com essa cena, mas não deu tempo”.

Ao receber a primeira dose, em fevereiro, ela fez um pedido: o combate ininterrupto e implacável contra os negacionistas e aqueles que promovem a disseminação de fake news.

Com o coração cheio de esperanças, o braço pronto para receber a vacina em prevenção ao coronavírus, a bandeira do meu Brasil nas mãos, o pensamento em cada brasileiro que ainda aguarda sua vez chegar e sem furar a fila da vacinação”, escreveu a famosa em sua conta no Instagram.

Precisamos imunizar toda a nossa população. Nossa gente merece ter o mesmo direito a vida, que qualquer um de nós”, ressaltou Elza Soares. “Estou aqui para comemorar esse feito da ciência, que menos de um ano depois do decreto de pandemia pela OMS, nos presenteia com a vacina para uma doença antes desconhecida, desafiadora e que ceifou a vida de tanta gente”, refletiu.

Ela reforçou que a “ciência venceu o medo, o negacionismo e a desinformação” e agradeceu a todos os envolvidos na criação do imunizante, que já chegou aos braços de mais de 3 milhões de brasileiros:

“Quero registrar o meu muito obrigada aos cientistas, aos profissionais da saúde, aos servidores públicos que trabalharam nessa conquista, a todos que colaboraram para o desenvolvimento e produção das vacinas disponíveis”.

Guinho Santos
Guinho Santos é formado em Jornalismo e escreve sobre o universo das celebridades há dez anos. Reality show, bastidores da TV e novelas também são seus pontos fortes. Além disso, possui experiência como Social Media e apresentador. Seu canal na web é através do Instagram @guinhosantos__.
Veja mais ›