Em guerra com Marcelo Adnet na Justiça, Mario Frias recusa proposta de acordo

Marcelo Adnet
Mario Frias recusa proposta em ação movida por Marcelo Adnet (Imagem: Reprodução – Globo / Montagem – RD1)

Secretário Especial de Cultura do Governo Bolsonaro, Mario Frias surpreendeu o Ministério Público do Rio de Janeiro e recusou a proposta de acordo para acabar com a queixa-crime que Marcelo Adnet abriu contra ele em março deste ano.

Em uma audiência de conciliação em setembro, o Ministério Público colocou na mesa uma proposta: Frias pagaria R$ 5 mil ao Inca e colocaria em suas redes sociais uma confissão sobre o ataque contra o humorista da Globo.

A defesa de Mario Frias, segundo o jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo, se manifestou com um pedido de cinco dias para a análise da proposta. O advogado do secretário do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) recusou a proposta. A resposta foi enviada depois do fim do prazo estipulado e o MP entendeu que a proposta de acordo havia sido recusada.

Em março, os advogados Maíra Fernandes e Ricardo Brajterman abriram uma queixa-crime contra Mario Frias em razão de um post polêmico feito pelo ex-ator contra Marcelo Adnet. Em setembro de 2020, ele chamou o global de “garoto frouxo e sem futuro”.

Briga em 2020

Marcelo Adnet compartilhou um vídeo em sua rede social ironizando uma publicação de Frias em homenagem ao 7 de Setembro. Na época, uma campanha da Secretaria de Comunicação foi feita para admirar heróis brasileiros. O artista apareceu no vídeo. O famoso fez uma paródia e imitou Frias como se estivesse perdido.

Em resposta a Adnet, o secretário partiu para o ataque: “criatura imunda”, “crápula” e “Judas” foram alguns dos termos utilizados pelo integrante do governo. “Judas que não respeitou nem a própria esposa traindo a pobre coitada em público por pura vaidade e falta de caráter”, detonou.

“Um palhaço decadente que se vende por qualquer tostão, trocando uma amizade verdadeira, um amor ou sua história por um saquinho de dinheiro e uma bajulada no seu ego infantil e incapaz de encarar a vida e suas responsabilidades morais”, afirmou o secretário.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›