Emocionada, Sandra de Sá lembra de ditadura após ser eliminada do The Masked Singer

Sandra de Sá
Sandra de Sá desabafou sobre a ditadura após ser eliminada do The Masked Singer (Imagem: Divulgação / Globo)

Logo depois de ser desmascarada e eliminada do The Masked Singer Brasil, da Globo, nesta terça-feira (21), Sandra de Sá lembrou da época da Ditadura Militar. O comentário veio quando ela respondeu a uma pergunta de Simone.

A cantora, então, explicou que a música Eu Quero é Botar meu Bloco na Rua, de Sérgio Sampaio, traz lembranças de sua adolescência vivida durante período no Brasil.

“Essa canção me lembrou da época dos festivais. Era uma época muito dura. Não era tudo que poderíamos falar, conversar. Eu era uma adolescente que viveu isso tudo. Quando eu vi o Sérgio tocando esta música, falei ‘aí, pode crer’. Trago para este momento agora. Tem quem diga que eu ‘dormi de touca’, que eu não sei de nada. Mas eu quero colocar o meu bloco na rua. Sandra de Sá no ‘The Masked Singer Brasil'”, comentou a famosa.

No Twitter, muita gente repercutiu o discurso da veterana. “É tão importante ela usar o momento para falar sobre a ditadura”, disse um dos seguidores. “Discurso belíssimo e necessário”, destacou outra.

“A gente quer agradecer demais a esse brilho seu nesse palco. Essa competição se eleva com a participação desses artistas maravilhosos”, elogiou Ivete Sangalo.

Depois de ser desmascarada, Sandra disparou: “A emoção é muita. Participar de um programa desse, com tanta gente incrível… O principal é que é emoção mesmo. As pessoas, nesse momento, estão precisando disso. De carinho”.

MAIS LIDAS

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]
Veja mais ›