Fox
Empresas tentam definir futuro do Fox Sports (Imagem: Divulgação / Fox Sports)

A situação da Fox Sports, desde que a Disney efetuou a compra da Fox e passou a deter os direitos das suas produções e empresas, continua incerta. Visando reverter o imbróglio, o grupo de mídia espanhol MediaPro fez uma proposta para a gigante do entretenimento, como detalhou a coluna de Ricardo Feltrin. 

Apesar de não divulgar os valores, estima-se que os canais Fox Sports custem em torno de US$ 200 milhões. A rede de canais esportivos detém, entre outros eventos, direitos de transmissão de campeonatos como a Libertadores. 

A oferta chegou dias depois que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) impôs o cancelamento da fusão entre Disney e Fox no Brasil, nem que seja por pelo menos 45 dias. O processo do acordo internacional entre Fox e Disney é tido como uma ação internacional, fazendo a compradora desembolsar cerca de U$ 70 bilhões (R$ 300 bilhões). 

Como no Brasil não existem leis que impeçam a concentração de grupos com poucos conteúdo, e ambos têm presença cosmopolita, cada país deve aprovar ou não a fusão de acordo com sua legislação. No caso do Brasil, há regras que impedem a concentração de conteúdo em uns poucos grupos. 

A aprovação da fusão não envolve dinheiro, mas afeta milhares de empregados das empresas em cada país e suas famílias, indiretamente. Além do Brasil, o México também não aprovou a negociação.

🔔Boletim RD1 | Notícias dos Famosos