Escalada do RJ1 sobre a qualidade da água do Rio de Janeiro causa na web

RJ1
RJ1 repercute com escalada sobre a água do Rio de Janeiro (Imagem: Reprodução / Globo)

O RJ1 causou e repercutiu na web por causa de uma escalada sobre a péssima qualidade da água fornecida nas casas do Rio de Janeiro. O telejornal da Globo na capital carioca abriu a edição com uma denúncia clara em mais um episódio de descaso das autoridades com a população.

“Bebeu água?”, questionou a repórter. “Não. Não dá para beber, não”, respondeu um repórter. “Tá com sede?”, perguntou a jornalista. “E aí eu sou obrigada a comprar água”, lamentou a moradora da cidade carioca.

“Vai na água mineral porque a da Cedae ainda não tem previsão de melhorar. A análise feita pela própria empresa apontou gosto acima do permitido em vários bairros do Rio de Janeiro”, informou o telejornal local da emissora.

Entre os principais problemas que comprometem a qualidade da água dos moradores do Rio está a geosmina, uma substância orgânica produzida por algas e que, de acordo com o informado pela Cedae, não representa nenhum risco à saúde dos consumidores. A geosmina, no entanto, altera o gosto e o cheiro da água.

O jornalismo da Globo no Rio de Janeiro colocou o RJ1 e o RJ2 no caso, e as produções produziram um amplo material para os telespectadores. Dentro das reportagens, uma entrevista feita com o professor de engenharia sanitária e meio ambiente da Uerj, Gandhi Giordano, apontou uma preocupação: o agravamento da crise hídrica:

“Você tem que fazer uma limpeza constante aquele manancial. O que eles fizeram? Eles sujaram mais. Eles ficam colocando produtos para reagir com o fósforo que está lá dentro que vem do esgoto. Então esse material vai pro fundo e represa. Esse ano está voltando porque ele fica sedimentado no fundo, mas ele não vai embora”.

A direção da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro admitiu posteriormente ao RJ2 que não fez investimentos para resolver os principais problemas que ameaçam a qualidade da água potável que abastece milhões de casas no estado.

Confira:

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›