Neto interrompe Os Donos da Bola e dá bronca em Arthur Lira

Neto
Neto puxa a orelha de Arthur Lira ao vivo na Band (Imagem: Reprodução / Band)

Neto deixou clara a sua antipatia ao primeiro ato de Arthur Lira (Progressistas-AL) como novo presidente da Câmara dos Deputados. Ao vivo durante Os Donos da Bola, o ex-jogador rasgou o verbo e afirmou que ele e todos que participaram da festa “são uma vergonha para o país”.

Lira promoveu uma festa em uma casa de luxo no Lago Sul, área nobre de Brasília. Na reunião, deu para contar nos dedos quem estava usando máscara. O Brasil já ultrapassou a marca dos 227 mil mortos pelo novo coronavírus.

“O que vocês fizeram ontem, vocês são uma vergonha para este país. Vergonha! Tomando champanhe, sem máscara, sem absolutamente nada, e mostrando para o povo que pode fazer isso, que pode aglomerar”, detonou o apresentador.

O ídolo do Corinthians ressaltou que o Brasil virou uma vergonha internacional no combate à Covid-19 por tamanha incompetência do poder público. “É um vexame no mundo, as pessoas estarem morrendo de Covid e vocês festejando o presidente da Câmara, o presidente do Senado. Uma vergonha”.

“Tomar champanhe com mais de 200 mil mortes é tomar champanhe com cadáver. A gente perdeu a noção do que é a vida, e nós vamos ser chacota no mundo inteiro”, esbravejou Neto.

O evento contou com o ministro Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo, considerado o articulador político do Governo Bolsonaro. Fabio Faria, ministro das Comunicações e marido de Patricia Abravanel, Fabio Wajngarten, da Secretaria de Comunicações e Jorge Seif, da Secretaria da Pesca, também estiveram entre os convidados da festa do novo presidente da Câmara.

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP), que não apoiou o novo presidente, também esteve no evento. Roberto Jefferson, presidente do PTB, foi uma das figuras da festa, que contou com inúmeros deputados e políticos aliados.

Um pouco antes da reunião, no plenário da Câmara, Arthur Lira pediu um minuto de silêncio para os mais de 225 mil mortos pelo novo coronavírus no país. “Temos que fortalecer a rede de proteção social. Temos que vacinar, vacinar e vacinar o nosso povo”, enfatizou.

Confira:

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›