Viva
Adriana Esteves (Catarina) e Eduardo Moscovis (Petruchio) em O Cravo e a Rosa; Fernanda Torres (Simone) e Tony Ramos (Cristiano) em Selva de Pedra: vote nos Melhores do Viva 2019 (Imagens: Divulgação / Globo)

Há quase 10 anos – marca atingida em maio próximo -, o Canal Viva “acolhe” noveleiros, interessados em ver ou rever novelas que fizeram história na Globo. Neste 2019, o Viva dividiu o público ao escalar tramas “recentes” como O Cravo e a Rosa (2000), que, embora esteja próxima de completar duas décadas, foi reprisada em Vale a Pena Ver de Novo há seis anos. Também causou com a escalação de Terra Nostra (1999) em versão reduzida, por problemas relacionados a direitos de músicas. E surpreendeu ao escalar o remake de Selva de Pedra (1986) para a faixa das 14h30.

Com tais títulos, e também com Porto dos Milagres (2001), Estrela-Guia (2001) e Cabocla (2004) – folhetins que ocuparam a tela por mais tempo ao longo de 2019 -, o Viva atingiu um dos melhores resultados em audiência desde sua criação. Em outubro, ostentou a vice-liderança da TV fechada, atrás apenas do SporTV. Para celebrar tal feito, nada melhor do que a eleição de melhores profissionais e momentos do canal no ano que passou. Mantendo a tradição desde 2016, lanço aqui, em minha coluna no RD1, o Melhores do Viva 2019.

Até o próximo dia 31, o público pode escolher seus favoritos dentre os cinco indicados em cada uma das quatorze categorias listadas abaixo. Ou clicando aqui!

Os cinco candidatos em cada categoria foram eleitos pelo júri artístico formado por André Santana, jornalista, editor do blog Tele-Visão, colunista do site Observatório da Televisão e autor do livro Tele-Visão: A Televisão Brasileira em 10 Anos; Caio Souza, do site DoisTV; Fábio Costa, jornalista, pesquisador em teledramaturgia, editor do site Observatório da Televisão e autor do livro Novela – A Obra Aberta e Seus Problemas; Jorge Luiz Brasil, editor-chefe da revista Minha Novela (Editora Escala); João Paulo Dell Santo, colunista e editor-chefe do RD1; Julio Cesar Fernandes, jornalista, mestre em comunicação, professor da faculdade Cásper Líbero e autor do livro A Memória Televisiva como Produto Cultural; Leo Lima, jornalista e apresentador do podcast TV Ao Cubo; Vincent Villari, autor de televisão e do livro Teletema – A História da Música Popular através da Teledramaturgia Brasileira; e Renan Nogueira, o mais engajado fã do Viva em minhas redes sociais.

Você está ficando de fora...

Não perca nada!

Saiba tudo o que está em alta no Instagram dos Famosos.

SIGA AGORA