Esposa de Rafael Cardoso abre o jogo sobre as descobertas após maternidade

Rafael Cardoso
Mari Bridi ao lado dos filhos e do marido, Rafael Cardoso (Imagem: Reprodução / Instagram)

Mari Bridi é mãe de dois filhos – Aurora, 6 anos e Valentim, 2-, casada com o Rafael Cardoso e possui milhares de fãs na web ao falar sobre maternidade. Em entrevista recente à Quem, a influencer revelou que, após ser mãe, foi difícil voltar a pensar como um individuo.

“Tem mais a ver com a nossa individualidade do que com a nossa feminilidade. Eu Mariana mãe, e eu Mariana pessoa. Com a Aurora foi mais difícil voltar a me perceber. Custei mais porque era mãe de primeira viagem, teve o puerpério e todas as outras coisas”, destacou ela.

Demorei um bom um ano e meio para conseguir voltar a raciocinar direito como individuo mãe. Com o Tim foi um pouco mais fácil porque como eu já sabia o que ia rolar e o que ia acontecer, me cobrava mais em relação ao que poderia fazer para mim mesma se tivesse um tempinho”, confidenciou.

Em seguida, a atriz relembrou o tempo que durou para conseguir pensar nas suas necessidades após a segunda gestação:

“Nem que fosse caminhar um pouco na rua sozinha. Ter um tempinho para pensar e raciocinar sem ficar completamente tomada pela maternidade. Mesmo assim demorou no mínimo uns sete meses para conseguir ter algum tipo de tempo real para mim”.

Durante a pandemia, Mari Bridi começou a fazer atividades físicas seis vezes por semana. A iniciativa foi tomada para tentar reduzir as enxaquecas e dores causadas por hérnias de disco.

É muito importante a gente entender que precisa se movimentar para a nossa saúde. Não comecei a malhar por uma questão estética e até hoje não faço por questão estética. Qualquer outra coisa que venha acompanhado desse objetivo de melhorar a saúde é algo a mais. Estou ainda em isolamento e, por isso, voltei à malhar na academia da casa da minha mãe, que é minha vizinha. Comecei em agosto porque estava tendo muita enxaqueca e dor nas costas. Precisava de fortalecimento muscular para parar de ter dor, porque tenho hérnia de disco tanto na lombar quando na cervical”, afirmou ela.

Apesar de notar as mudanças físicas no corpo, ela não se apega aos números a menos da balança. Além disso, ela ressaltou que acha um absurdo a pressão que há para que as mulheres recuperam o seu peso logo após a gravidez.

Isso é algo surreal. Não me senti completamente afetada por essa pressão, mas ao mesmo tempo um pouco. Por mais que eu não seja atriz famosa, existe a pressão por ser casada com o Rafa, do tipo: ‘já que ela é mulher de galã de novela, ela tem que ter o corpo de fulana e ciclana para poder estar casada com ele’. Se não tiver, não serve. Por mais que isso não me afete no emocional, me afeta no raciocínio lógico de pensar: por que isso acontece? Tento muito dialogar sobre isso, sobre padrões de beleza e de estética inatingíveis, 99% da população não tem esse padrão”, alertou.

Visando compartilhar um pouco desse pensamento, Mari criou, em parceria com a consultora de estilo Carol Fajardo, o Todas Nó, que é focado em  conteúdos úteis para mulheres reais.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›