Ex-atriz de Cúmplices de Um Resgate lembra demissão do SBT e depressão

Cúmplices de Um Resgate
Duda Wendling falou sobre bastidores de Cúmplices de Um Resgate (Imagem: Divulgação / Globo)

Duda Wendling, ex-Cúmplices de Um Resgate, voltou a lembrar da polêmica saído do SBT e dos ataques que sofreu nos bastidores da trama infantil. A artista, que hoje tem 15 anos, contou que entrou em depressão após a demissão.

Em 2015, quando tinha 9 anos, a famosa interpretou a personagem Dóris e foi dispensada. Em uma entrevista ao canal Intervenção, Duda, então, comentou sobre o clima entre ela e as mães dos outros atores.

“Rolam muitas coisas nos bastidores entre as mães do elenco da novela, é normal acontecer isso no SBT. Foi o que aconteceu comigo. Não estava um ambiente muito legal para continuar, independente do valor que recebia, isso não me comprava, não estava valendo a pena”, afirmou ela.

A jovem artista seguiu: “Estava sofrendo muito lá dentro. O dinheiro que eu recebia era muito bom, mas isso não pagava o trauma que eu estava sofrendo lá. Eu e minha mãe decidimos não assinar a renovação de contrato”.

Na entrevista, Duda Wendling, então, lembrou também das especulações na época de que ela faltava as gravações de Cúmplices de Um Resgate. Ela desmentiu os boatos e garantiu: “Eu não saí porque faltava gravação ou porque morava no Rio, até porque iriam me tirar. Você não pode faltar, é um trabalho. Não saí porque faltava a gravação. Estavam acontecendo coisas que não eram legais”.

A mãe de Duda optou por não renovar o contrato da atriz com o SBT. A jovem até acreditou que não seria mais chamada para nenhum outro trabalho. “Achava que nunca mais ia conseguir nada. Entrei em depressão e isso tudo com 9 anos. Aí foi aí que veio o Gloob para me ajudar, foi muito bom. Foi uma luz no fim do túnel, uma salvação”, disse ela.

A atriz disse que a emissora de Silvio Santos arcou com os custos de terapia pelos traumas provocados com sua saída repentina por conta do clima dos bastidores.

“Para quem não acredita e acha que não rola algo nos bastidores, o SBT pagou três anos de terapia para mim. Eles sabiam o que estava acontecendo lá dentro”, garantiu Wendling.

A ex-atriz de Cúmplices de Um Resgate apontou agressões verbais que recebeu de mãe do colega do elenco: “É complicado, eu era muito amiga de todo mundo que estava ali. O motivo pelo que acontecia ou não eu não faço ideia. Quem está de fora, não tem ideia do que acontece nos bastidores”.

Após sair da novela, ela contou ter sofrido uma crise de choro e, no set de gravação, Larissa Manoela chegou a ampará-la. “Ela ficou chorando junto comigo, todo mundo ficou muito mal, ninguém esperava. Quem tinha feito ficou mal pela situação e não pelo que fizeram. Não queria comer, falar. Comecei a desenvolver, só quando fiz psicóloga”, lembrou.

MAIS LIDAS

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]
Veja mais ›