Ex-BBB André Martinelli revela mudança de vida após participar do No Limite

André Martinelli
André Martinelli contou como sua rotina mudou (Imagem: Reprodução / Instagram)

André Martinelli passou por uma mudança em sua rotina desde que participou da última edição do No Limite. Em entrevista ao jornal Extra, o ex-BBB revelou que descobriu uma nova paixão pela corrida e até participou da Meia Maratona do Rio no ano passado.

“Vou fazer duas provas de 21 km, quero melhorar o meu tempo e fazer bem uma Meia Maratona, para poder avançar pra uma prova maior“, adiantou ele, afirmando que a combinação de treinos é positiva para seu desempenho:

“Faço exercícios de técnica para corrida, educativos. Gosto muito de fazer funcional, e exercícios que ajudam na estabilidade do corpo. Força também, além de fazer bastante volume de corrida que é o principal”.

Veja Também

André confessou também que o esporte tem um papel fundamental em sua vida. “A corrida me ensinou muito sobre disciplina. Há vários pilares para que o resultado seja positivo: treinos, recuperação, uma boa alimentação e sempre estar com o sono em dia. Tudo deve ser bem regrado, principalmente os horários. Mas, no final, é gratificante ver a realização daquilo que foi planejado”, justificou.

André Martinelli opina sobre psicóloga do reality

Os participantes do BBB 2022 tiveram o primeiro acesso com a psicóloga do reality. No entanto, nem sempre a dinâmica do programa contou com brothers tão interessados no atendimento com a profissional.

Durante sua participação no Podmiga, André Martinelli, que participou do BBB 13 e recentemente do No Limite, analisou essa nova forma de comportamento dos confinados.

Ao relembrar de sua época de reality, o famoso contou: “Tinha psicóloga. Eu não cheguei a falar com ela dentro do programa. Acho que teve uma pessoa que fez atendimento”.

“Antigamente não mostrava muito, não tinha tanto atendimento. Hoje, as pessoas estão precisando mais. Tinha médico também e uma vez até chamei. É um atendimento limitado, sem conversa. É sobre sintomas e como resolver”, completou.

No papo, André Martinelli ainda comparou outra diferença da sua edição para as mais atuais, que foi o avanço das redes sociais e como elas impactam no desenrolar do jogo.

“Hoje em dia a internet movimenta pensamentos. O pensamento de ódio flui mais na internet do que o de amor. A web quer engajar. Tem muita gente disposta a odiar as outras e elas se sentem bem com isso”, opinou.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›