Ex-BBB Caio Afiune fala da fama de caloteiro e expõe como se endividou

Caio Afiune
Ex-BBB Caio Afiune explicou como se endividou (Imagem: Reprodução / Instagram)

Com fama de caloteiro quando entrou no BBB 2021, Caio Afiune abriu o jogo e revelou a razão de ser conhecido assim. Durante sua participação no podcast PodPah, o ex-brother falou sobre o assunto.

“Plantei 650 mil pés de repolho. […] Eu fui em um lugar, e o cara falou: ‘Planta repolho, ninguém está plantando’. Na época, eu estava firme, o milho me dava dinheiro demais. Tranquilo, eu fui lá e falei: ‘Vou plantar 650 mil pés agora’. 500 mil do verde, e 150 do roxo”, explicou o fazendeiro.

Após um tempo, a verdura nasceu, mas a plantação foi destruída por pragas: “As pragas foram tomando conta, as cabeças foram fechando. Para conversar na horta, tinha que ficar com a boca fechada porque os bichos já estavam dentro da boca”.

Para contornar a situação, Caio precisou vender seus dois carros. No entanto, isso não foi suficiente para pagar as dívidas. “Eu tinha dois carros bons, novinhos. Fui nas lojas e entreguei. O resto fui trabalhando. Meu pai falou: ‘Eu vou organizar para você’. E eu falei: ‘Negativo’. Eu fui para o buraco sozinho, eu tinha que dar um jeito de sair dele“, explicou.

Vale lembrar que o famoso já tinha falado sobre a crise financeira que enfrentou antes de participar do BBB 2021. Em uma live com o Gshow, Afiune disse que contou muito com o apoio da companheira Waléria Mota:

“Eu passei por uma crise financeira e quando mais precisei, mais forte na minha mão ela segurou. Ela cuidou de mim de forma amorosa, me deu a paz que eu precisava. Soube coordenar. Tive que vender dois carros. Só não deixava as coisas atingirem tanto, porque eu não levava os problemas para dentro de casa”.

Por falar na amada, o ex-brother contou, em um papo com a colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, que irá oficializar a união dos dois: “Vai ser casamento grande. É só esperar essa turbulência passar, a gente conseguir organizar tudo de novo, para ser uma coisa tranquila, gostosa, quando todo mundo estiver bem. No civil, que é só a gente, eu já vou. É tranquilo, é só a gente. O Bastião (Rodolffo) é padrinho, sim. Ele está na contagem toda hora!”.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›