Ex-BBB João Luiz é maquiado como drag queen e revela como se assumiu gay

João Luiz Pedrosa
Ex-BBB João Luiz é maquiado como drag queen e revela como se assumiu gay (Imagem: João Cotta / Gshow)

João Luiz Pedrosa esteve no BBB 2021 e foi longe, chegando até o último mês do reality show da Globo, abordando temas marcantes como o racismo. Nessa pegada, o mineiro foi entrevistado pela drag queen Bianca Dellafancy, que também o maquiou como ela e produziu um resultado inacreditável.

Ele disse que nunca teve um contato tão aprofundado com a figura da drag queen, mas seus amigos pensavam que ele se montava, já que ele tem uma falha na sobrancelha, que geralmente é útil na hora de esconder essa parte do rosto.

Enquanto fazia barba e era maquiado pela drag, João contou como foi se assumir homossexual para a família e, diferente do que acontece na maioria das vezes, foi um momento tranquilo para ele:

Eu me assumi para a minha família aos 14 anos, tive a famigerada conversa e foi muito de boa. Minha sexualidade para minha família nunca foi uma questão. Foi uma conversa como qualquer outra. Minha mãe, junto com minhas amigas, chegou a fundar um bloco LGBT de carnaval na minha cidade”.

Outra experiência em relação à família de João Luiz foi com o pai, já que tem o estereótipo famoso dos homens serem mais rígidos emocionalmente e com menos tato para esses assuntos:

Meu pai sempre esteve envolvido em movimentos sociais, é muito sensível e não tem vergonha de mostrar a fragilidade dele. Não é preso a essa masculinidade de homens serem muito brutos. É muito carinhoso, de meu namorado chegar em casa e ele abraçar, dar beijo na bochecha”.

Concluindo esse raciocínio, o ex-BBB deixou claro que sempre recebeu amparo de sua família: “Preocupação dos meus pais foi sempre me defender do que ia acontecer na rua. Bicha preta já aprende a se defender desde sempre. Eu sabia que se eu chegasse em casa, teria apoio se acontecesse alguma coisa”.

Sobre o namorado Igor, que está com ele há 5 anos, o professor de Geografia explicou que passou por experiências não tão interessantes, que não lhe davam perspectivas de montar uma família: “Eu realmente vi afeto, vi carinho de uma forma que eu nunca tinha visto antes”.

Depois de vestir o figurino, finalizar a make e colocar uma peruca black poderosa, João Luiz deixou uma mensagem para si mesmo: “A primeira coisa que eu faria com meu eu do passado é dar um abraço nele, para simbolizar que está tudo bem ser quem você é. E, principalmente, para que isso represente o abraço das pessoas que, um dia, você não recebeu”.

Confira:

Matheus Henrique MenezesMatheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›