Ex-diretor do Fofocalizando diz que foi prejudicado por apresentadores

Fofocalizando
Mamma Bruschetta, Leão Lobo, Leo Dias, Lívia Andrade e Décio Piccinini, do Fofocalizando (Imagem: Divulgação / SBT)

Ex-diretor do Fofocalizando, Caco Rodrigues fez revelações bombásticas dez meses após a sua saída do programa. Segundo ele, o elenco da extinta atração do SBT o prejudicou. “Fui completamente hostilizado por todos eles”, disse. Mamma Bruschetta, Leão Lobo, Lívia Andrade e Décio Piccinini dividiam as câmeras na época.

Em entrevista para a jornalista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, Caco defendeu que a audiência da atração cresceu com a sua direção, e apontou: “Fui completamente hostilizado por todos eles (apresentadores). Não quiseram me ouvir e muitas das ideias que tive para o programa foram boicotadas, porque os apresentadores não quiseram participar”.

“Pessoas que eu queria levar ao programa, um ou outro apresentador dizia que não queria falar ou dar palco para essas pessoas. Eu precisava dos apresentadores e eles começaram a dificultar tudo”, revelou.

Rodrigues soube por “grandes amigos” do SBT “que sempre que o Silvio [Santos] ia gravar o programa dele com participação de alguns dos apresentadores do Fofocalizando, esses apresentadores aproveitavam para me martelar para o Silvio”. Lívia, Mara e Décio eram os principais convidados dos quadros do programa do patrão.

“Eu fiz uma reunião, porque estava muito difícil a convivência, principalmente na reunião de pauta antes do programa. Os apresentadores não compravam as ideias e queriam chegar no palco fazendo o que queriam”, relatou. “Era uma grande bagunça”, pontuou.

A ideia de Caco para a solução do problema foi a seguinte: “Então o que eu fiz: como a Lívia era a apresentadora e só ela e o Leo Dias falavam, eu comecei a designar assuntos pra cada um ali falar, porque eu queria dar voz para todos, mas sempre com a Lívia chamando”.

“Comecei a colocar ordem na casa e isso começou a chatear os egos, porque tínhamos três apresentadores no palco que quase não falavam e passaram a ter voz”, alfinetou sem citação direta. “E a partir daí começou a rolar um atrito entre eles mesmos. Eu chamei os apresentadores pra uma conversa e expliquei que eu não estava ali para fazer melhor que o Esquilo [Márcio Esquilo, ex-diretor do Fofocalizando] e sim que estava para fazer diferente. Depois dessa conversa, alguns apresentadores melhoraram comigo. Depois veio meu acidente e as pessoas falaram que foi macumba. Mas não acredito em macumba, eu acredito em Deus. Inclusive o Silvio me perguntou se eu achava que foi macumba”, confidenciou.

Caco fez outra revelação: o formato do Fofocalizando foi criado por ele e Silvio Santos, no salão do Jassa. “Esse programa quando entrou no ar à tarde, já era pra ter entrado comigo dirigindo, porque foi uma ideia que nasceu entre mim e o Silvio Santos lá no Jassa. Nos encontramos no Jassa e começamos a conversar a respeito do sucesso que a Fabíola [Fabíola Reipert, do A Hora da Venenosa, na Record] estava fazendo na Record”, recordou.

“Eu falei: ‘Silvio, por que você não faz um programa de fofoca no SBT?’ Aproveita a tarde. E começamos a conversar e formular isso. E isso ninguém nunca soube, até agora. Comecei a escrever coisas a respeito do programa. Era pra eu dirigir desde o primeiro dia, quando era ‘Fofocando’. Mas a minha chegada ao Fofocalizando foi muito complicada”, admitiu.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›