Ex-mulher de DJ Ivis presta depoimento e desabafa: “Ainda tenho medo”

Pamella
DJ Ivis teve vídeos em que aparece agredindo Pamella exposto na internet (Imagem: Reprodução – Globo / Montagem – RD1)

A influencer Pamella Holanda prestou depoimento sobre o caso de agressão que sofreu do ex-marido, DJ Ivis. De acordo com Leo Dias, a Polícia Civil do Ceará ouviu a moça na segunda-feira (12), além de outras duas testemunhas que não tiveram suas identidades reveladas.

Segundo a publicação, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS) informou também que o Departamento de Proteção aos Grupos Vulneráveis (DPGV) da PC-CE apoia as investigações que estão sendo realizadas pela Delegacia Metropolitana de Eusébio, município da região metropolitana de Fortaleza, onde o casal morava.

A estudante, inclusive, esteve no programa Encontro nesta terça-feira (13) para comentar o caso. A Fátima Bernardes, Pamella explicou o motivo de ter demorado de denunciar o ex-companheiro:

“Eu tinha medo que fosse desacreditada pelo fato dele ser conhecido, ter influência. A gente vive num país machista, nós mulheres fazemos parte dessa cultura. Pelo fato dele ser homem e eu ser mulher e a gente quase nunca ter voz e precisar gritar para ser ouvida, eu pensei: tenho que provar que isso acontece, se fosse só a minha palavra contra a dele, eu ia viver tentando provar”.

Ela revelou que ainda sente receio e falou da dificuldade em manter uma denúncia desse tipo, principalmente que se tem um filho para criar. “Sabendo que mesmo depois de tudo você tem que ter mais força pra segurar essa decisão, ir em frente, dar um suporte para o filho. É um esforço quase sobre-humano“, afirmou.

Pamella confessou também que chegou ao limite e não sabia mais lidar com o produtor musical: “Não adiantava mais esforço nenhum meu porque ele não se esforçava, não fazia o mínimo“. Fátima, então, quis saber quando foi a primeira agressão e ela revelou:

“Quando eu estava grávida da Mel. Tentava justificar que ele fazia isso comigo por conta do comportamento dele. Eu mesma queria justificar porque não queria acreditar que ele estava fazendo aquilo comigo. Tinha medo de denunciar porque estamos num país machista, pelo fato dele ser homem e eu mulher. Eu pensei: Tenho que provar que ele faz isso comigo. Só a minha palavra e a dele, eu ia viver tentando provar”.

A apresentadora citou o fato de ter outras pessoas presentes nas imagens no momento em que ela foi agredida por Ivis. “Naquela que eu estava sentada no sofá, a Mel tinha um mês e 20 dias quase, e eu estava com Covid, isolada dentro do quarto, mas as médicas aconselhavam amamentá-la, isso foi em dezembro. Aí eu saí do quarto para amamentar e ele disse que eu ia passar Covid para a Mel. A mulher no vídeo é a minha mãe. Eu nunca cheguei a dizer para ela. Ela soube presenciando, vendo o comportamento dele, sempre impaciente, intolerante. Ela tinha presenciado antes, por isso não esboçou nada naquela situação“, contou Pamella.

Sobre as declarações de Ivis, que alegou ter sofrido ameaças por parte da ex-mulher, ela rebateu: “Não tenho que fazer réplica sobre o que ele fala. Ele tentou justificar o injustificável de maneira que as pessoas desacreditassem de mim. Mais uma vez é um homem que agride, que bate. Que depois vem nas redes sociais dizer que eu era louca, que eu era desequilibrada. São falas típicas. Não tenho que falar sobre“.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›