Exclusivo: Jornalísticos da Band disparam na audiência e avançam sobre o SBT

Band
José Luiz Datena no Brasil Urgente desta segunda-feira (8); Eduardo Oinegue no Jornal da Band: jornalismo eleva audiência da Band (Imagens: Reprodução / Band)

A segunda-feira (8) foi de glória para o jornalismo da Band! Levantamento exclusivo obtido pelo RD1 indica que, de acordo com dados consolidados da Kantar Ibope Media, a faixa do Brasil Urgente e do Jornal da Band atingiu a melhor audiência de 2021. Os índices são referentes a Grande São Paulo.

Entre 16h e 20h28, a Band assegurou o terceiro lugar no ranking das emissoras de TV aberta com 6,1 pontos. A emissora ultrapassou o SBT, posicionando-se logo atrás da então vice-líder Record (7,3) – que padeceu, especialmente, no confronto com o jornalístico de José Luiz Datena.

O bloco nacional do Brasil Urgente repetiu o melhor número do ano, arrancando empate da concorrente Record. No ar das 16h às 18h50, o jornalístico arrebatou 6 pontos, 8,1 de pico e 10,2% de participação no número de televisores ligados (share). Às 16h46, o noticiário abriu 2,2 pontos de vantagem sobre o canal do Cidade Alerta; às 17h03, 2,1 pontos à frente da estação do Casos de Família.

Já a versão local do programa de Datena, entre 18h50 e 19h20, anotou recorde: 7,3 pontos, 8,2 de pico e 10,8% de share. Foram 19 minutos na terceira colocação, sendo 11 isolados. No mesmo período, a mexicana Amores Verdadeiros rendeu 7,5 para a TV das Novelas da Tarde.

Na sequência, 19h20 às 20h28, o Jornal da Band amealhou 5,9 pontos, 6,8 de pico e 8,3% de share. A disputa com o SBT Brasil evidenciou o avanço do informativo de Eduardo Oinegue e Lana Canepa sobre o concorrente. Foram 5,6 de média, das 19h43 às 20h28, diante de 5,9 pontos do SBT – o que configura empate, por critérios de arredondamento.

Duh SeccoDuh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog "Vivo no Viva", repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›