Fábio Assunção vai participar de documentário sobre Daniella Perez

Fábio Assunção
Fábio Assunção vai participar do projeto que fala da atriz, morta no auge da carreira (Imagem: Divulgação / Reprodução – Internet / Montagem – RD1)

Fábio Assunção aceitou participar da série sobre Daniella Perez, que vai ser exibida pela HBO Max. O ator, que estava no ar com a atriz na novela De Corpo e Alma, em 1992, quando ela foi assassinada, gravou um depoimento emocionado sobre o caso.

Segundo informações da colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, a mãe de Daniella, a autora Gloria Perez, também participou da gravação do documental, que vai estrear no ano que vem na plataforma.

Outros nomes confirmados foram Raul Gazolla, marido de Daniella, além dos atores Claudia Raia, Cristiana Oliveira, Maurício Mattar, Claudia Mauro e Eri Johnson. O diretor Wolf Maia também teve seu depoimento colhido diretamente dos Estados Unidos.

Com cinco episódios, o documentário vai contar ainda com as declarações dos advogados envolvidos no caso, além das autoridades. A direção é de Tatiana Issa e Guto Barra.

A atriz foi morta aos 22 anos por seu colega de cena, o ator Guilherme de Pádua, e por Paula Thomaz, na época esposa dele. A produção da HBO Max promete apresentar ao público a luta de Gloria Perez por Justiça. A autora da Globo conseguiu um milhão e 300 mil assinaturas em um abaixo-assinado para mudar a lei e tornar os homicídios qualificados hediondos, ou seja, inafiançáveis.

Daniella Perez foi assassinada por Guilherme de Pádua, o seu par romântico em De Corpo e Alma. A novela nunca foi reprisada no Vale a Pena Ver De Novo. No processo, a motivação dada por ele era pelo fato de acreditar que seu papel na novela, escrita por Gloria, estava diminuindo.

O fato ocorreu no dia 28 de dezembro de 1992. Na manhã seguinte, após a tragédia, o elenco foi até Gloria para consolá-la. Entre eles estavam Guilherme. No início, ninguém acreditou que era ele o assassino, mas a polícia confirmou ele como o responsável pelo homicídio, cometidos a golpes de tesoura.

No quadro Pessoas Incríveis e Extraordinárias, no canal de Nelson Freitas no YouTube, Raul Gazolla recordou a tragédia: “Foi um momento de guinada na minha vida e de muita superação. Você não passa por esse momento sozinho. Antes de colocar os pés no chão, tinha dois caminhos a seguir, um louco, psicopata, querendo vingança a qualquer custo ou ir para uma espécie de religiosidade, monte budista, mas voltar ao normal não dava. Minha mãe e meus amigos foram essenciais para poder voltar ao mundo real”.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›