Fabricante de Ivermectina processa CNN Brasil, Globo e até SBT

Globo
Globo, CNN Brasil e SBT são processados por fabricante de remédio apontado em suposto tratamento precoce (Imagem: Reprodução – Globo – CNN Brasil – SBT / Montagem – RD1) 

A empresa Vitamedic, responsável pela produção do remédio Ivermectina no Brasil, entrou com pelo menos cinco ações judiciais de direito de resposta contra os seguintes veículos de comunicação: Globo, Record, CNN Brasil e SBT. O motivo? A abordagem feita pelas emissoras sobre uma nota do laboratório Merck Sharp & Dohme.

O comunicado repercutiu na imprensa, pois o laboratório constatou que não havia evidências de que o produto funcione contra a Covid-19.

“É importante observar que, até o momento, nossa análise identificou: nenhuma base científica para um efeito terapêutico potencial contra Covid-19 de estudos pré-clínicos; nenhuma evidência significativa para atividade clínica ou eficácia clínica em pacientes com doença Covid-19, e a preocupante falta de dados de segurança na maioria dos estudos”, informou na época.

Alguns veículos de comunicação, como forma de ilustração, divulgaram imagens da embalagem de Ivermectina produzida pela Vitamedic.

Em nota enviada ao Notícias da TV, a farmacêutica afirmou que isso “induz os leitores e telespectadores ao erro, considerando que transmite a percepção de que a opinião da Merck seria única ou majoritária no ramo farmacêutico, inclusive a da Vitamedic, o que não é verdade”.

O processo contra a CNN Brasil foi aberto na 38ª Vara Cível de São Paulo. O juiz Luiz Fernando Rodrigues Guerra negou a liminar e descartou um espaço para direito de resposta no canal de notícias.

As ações abertas contra SBT e Record também não foram atendidas no pedido de liminar. Com relação ao pedido contra a Globo, a análise foi feita pela 5ª Vara Cível de Goiás, em Anápolis, e recebeu a mesma resposta.

“A empresa Merck MSD não é produtora de ivermectina para humanos no Brasil. Desconhece-se qualquer estudo pré-clínico que essa empresa tenha realizado para sustentar suas afirmações quanto à ação terapêutica no contexto da pandemia do Covid-19. Contrariamente ao que diz a empresa Merck, existem evidências médicas e científicas ao redor do mundo demonstrando a ação antiviral do medicamento”, declarou a Vitamedic.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›