Fátima Bernardes se revolta no Encontro, detona aglomerações e dá sermão em Bolsonaro

Fátima Bernardes
Fátima Bernardes desabafa sobre a morte de Paulo Gustavo no Encontro (Imagem: Reprodução / Globo)

Fátima Bernardes cobrou o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao vivo durante o Encontro da última quarta-feira (5), sobre a cobertura da morte do ator Paulo Gustavo (1978-2021). A apresentadora deu um sermão sobre a falta de distribuição de máscaras aos mais pobres e detonou as aglomerações.

Durante o quadro Bem Estar, a jornalista mandou um recado direto para aqueles que se emocionaram com a morte de Paulo Gustavo, vítima da Covid-19, mas que foram responsáveis por aglomerações em festas clandestinas, nas ruas ou que saiu de casa sem máscaras:

“Não adianta hoje você estar chorando pelo Paulo Gustavo, pela morte de pessoas queridas, e você vai para a rua sem máscara, e você vai para a rua aglomerar desnecessariamente. Não estamos falando do trabalhador no ônibus, nem no trem, estamos falando das pessoas que estão fazendo festas, festas clandestinas. Isso é um absurdo. Isso é crime. Você está colaborando para esse número subir”.

“Pelo amor de Deus, o que falta acontecer?”, questionou Fátima Bernardes. “O que falta acontecer para que você saia de casa de máscara. Com duas se possível for. O que falta também para esse país distribuir máscara para as pessoas que não tem condição de comprar. Não tem vacina? Então que se distribua máscara!”, exigiu.

“Pelo amor de Deus, por que as pessoas não têm dinheiro muitas vezes. A gente tem péssimas condições de higiene, temos um país com um péssimo saneamento básico, pessoas que não tem água, escola que não tem água muitas vezes. Não há mais o que esperar”, desabafou a famosa.

Fátima falou em nome do país, explicou que “não estamos só tristes, nós estamos indignados, nós estamos revoltados”, e acrescentou: “É muito ruim quando a tristeza e indignação se misturam a raiva. É um sentimento que eu não gostaria de estar sentindo nesse momento”.

Confira:

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›