A Fazenda 2020: Mateus fala de si mesmo ao refletir sobre motivo de ser alvo de votos

A Fazenda
Em A Fazenda 2020, Mateus fala de si mesmo ao refletir sobre motivo de ser alvo de votos (Imagem: Reprodução / PlayPlus)

Mateus Carrieri disputou a sua terceira roça em A Fazenda 2020 e por mais uma vez sobreviveu ao perigo da eliminação. Antes do resultado, o peão respondeu uma pergunta de Marcos Mion, que lhe fez refletir sobre ser alvo constante de votos.

Confira tudo o que rola em A Fazenda 2020 clicando aqui

Sobre isso, o ator assumiu a responsabilidade pelo ocorrido: “É por causa do meu jeito. Eu tenho esse sentimento de que ‘fica mais fácil votar no Teteu’, porque eu não crio caso, não fico de bico, não deixo de dar ‘bom dia’ e também não vou tirar satisfação“.

Mateus falou de si mesmo, exaltando a própria participação no reality show: “Eu sou assim. Eu entrei aqui entendendo que eu poderia votar em alguém e que eu poderia ser votado. Na primeira semana, eu falei para a gente tentar votar sem ódio e receber o voto sem melindre, porque faz parte do jogo. Eu acho que meu jeito pacífico facilitou isso“.

Depois disso, discretamente, o peão criticou a personalidade de seus concorrentes: “Eu não levo mágoa disso, eu acho que essa responsabilidade é minha. Eu nunca vi maldade quando alguém votou em mim. Só que não tenho como mudar o meu jeito de ser. Algumas armas de jogo talvez eu não tenha, como ser violento, explosivo, reativo ou falar demais o que pensa

No fim do discurso, Mateus Carrieri deixou claro que ser pacífico é sua onda: “Eu penso duas ou três vezes antes falar, tomando cuidado para não magoar ninguém e modéstia à parte eu considero isso uma virtude. Muita gente fala que não abaixa a cabeça para ninguém em brigas, mas recuar e dar um passo atrás, às vezes eu acho melhor para deixar tudo mais harmônico. Eu tento ser assim na vida e não conseguiria ser diferente aqui na Fazenda“.

Confira:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com