A Fazenda 2021: Gui Araújo se irrita com Nego do Borel e repercute treta com o rival

A Fazenda 2021
Gui Araújo se irrita com Nego do Borel e repercute treta com o rival em A Fazenda 2021 (Imagens: Reprodução – PlayPlus / Montagem – RD1)

Nego do Borel já era uma figura polêmica e continuou mostrando esse seu lado ao entrar em A Fazenda 2021. Depois de surtar na baia e irritar os participantes, Gui Araújo teve uma conversa franca com o peão e acabou se irritando com a postura do rival, comentando isso com os parceiros de jogo.

Saiba tudo sobre A Fazenda na cobertura do RD1

O ex-MTV teve uma longa conversa com Nego do Borel na casa da árvore, tentando acertar as arestas que tinham aqui fora, mas a discussão terminou mal e ele perdeu a paciência com o que ouviu.

Depois desse embate a sós, Gui chamou Dynho Alves — que ficou surpreso — e confessou que quase perdeu o controle com o cantor: “Mano, você nem acredita, eu quase fiz merda aqui. Seu parceiro levou uma muito grande aqui”.

O bonitão tentou contextualizar o que aconteceu entre os dois: “Minha última frase com ele foi: ‘Irmão, se você levantar o dedo comigo de novo com esse papo caído, o bagulho vai ficar louco nessa casinha, viado’. Ele virou as costas e saiu andando”. O dançarino lamentou o que ouviu: “Não tem jeito”.

A principal queixa de Gui Araújo foi que o peão fala mais do que escuta, em temas que ele deveria estar aprendendo: “Ele quis falar uns bagulhos, tio, e eu comecei a tremer. Falei: ‘Não quero trocar ideia porque você é um maluco que não tem nada pra me falar, você tem que ouvir. Não quero ouvir nada que você tem pra falar’”.

Dynho Alves entendeu tudo que estava sendo falado e também criticou Nego do Borel, sem acreditar nas conversas do concorrente: “Ele veio trocar ideia comigo, pediu desculpas e não sei lá e tal. Uns blá, blá, blá, sei lá”.

Confira:

Matheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›