Felipe Neto manda recado ao “gabinete do ódio” após canal se aproximar de marca histórica

Felipe Neto
Felipe Neto manda recado para ala radical do governo Bolsonaro (Imagem: Reprodução / YouTube)

Felipe Neto mandou um recado para o gabinete do ódio, assim chamado o grupo que produz relatórios diários e coordena ataques contra rivais do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) dentro do Palácio do Planalto. Na lista dos atacados, o youtuber mostrou força na briga oculta com a ala radical do governo.

“Enquanto o gabinete do ódio continua achando que hashtag no Twitter vai prejudicar minha imagem, meu canal [no YouTube] caminha para ficar acima de 300 milhões de views em julho, novamente. Rumo aos 40 milhões de inscritos!”, anunciou o famoso.

Alvo de ataques desde que se manifestou publicamente contra o atual governo, Felipe Neto se tornou um dos principais alvos do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente e apontado pela Polícia Federal como o articulador do grupo.

No mês passado, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, o empresário fez duras críticas contra o então gabinete. “Em vez de o gabinete do ódio tentar mostrar medidas positivas e efetivas do bolsonarismo, eles operam pra tentar destruir tudo o que se opõe a eles”, acusou.

Ele afirmou que se tornou uma necessidade para o país “desmembrar o gabinete do ódio e colocar na cadeia quem criou e trabalhou todo esse sistema”. “Não é possível combater esse tipo de crime só com a verdade, é preciso investigar e cortar o mal pela raiz”, defendeu.

Confira:

CONTINUE LENDO →

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e escreve semanalmente para a coluna Você Sabia?. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.