Fernanda Gentil passa sufoco no boxe e “culpa” atriz famosa

Fernanda Gentil e Fernanda Souza
Fernanda Gentil passa sufoco no boxe e “culpa” Fernanda Souza (Imagens: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

Fernanda Gentil está na correria para estreia de Zig Zag Arena, o novo programa semanal da Globo que estreia no dia 3 de outubro. Essa preparação também envolveu a parte física — já que seu novo projeto é um game show que recria brincadeiras antigas — e aulas de boxe foi uma das etapas.

A apresentadora começou mostrando seu treino na ferramenta de Stories do Instagram e já exibiu seu esforço: “A beleza de um ‘tá pago’ bem feito”. Depois, na parte aberta do site, “culpou” uma atriz famosa pelo sufoco: “Te amo e te dedico, Fernanda Souza, mas não significa que te perdoo por ter batizado um movimento que tira a nossa dignidade”.

Nesse vídeo com o instrutor, Gentil brincou de dizer que cortou as relações com a amiga: “Fernanda Souza que me indicou o professor. Já cortei a amizade, certo, com certeza. Não falo mais. E agora, ele ainda traz uma série [de exercícios] que ela gostava. Eu não tenho nada a ver com isso”.

Ela é Souza, eu sou Gentil, e ele mistura as cosias que não tem nada a ver. Eu gosto de alongar, eu gosto de deitar, respirar, olhar para o céu”, continuou a titular do futuro Zig Zag Arena, deixando claro como gosta de se exercitar.

Ele passa isso em homenagem a ela, achando que tá me agradando. Nem falo mais com ela, desde que ela me indicou esse professor. Com todo respeito, esquece a Fernanda Souza. Tá, fê? Mas eu te amo, amiga. Obrigada pela indicação”, finalizou Fernanda Gentil, se divertindo ao praticar boxe e melhorar seu condicionamento físico.

A mulher de Priscila Montandon também foi vista indo ao cabeleireiro, retocar a cor das madeiras e também para dar um contorno melhor ao desenho das sobrancelhas.

Confira:

Matheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›