Fernanda Gentil reflete sobre carreira e faz revelação sobre novo programa: “Mais madura”

Fernanda Gentil
Fernanda Gentil vai comandar o Zig Zag Arena em outubro (Imagem: João Cotta / Globo)

Fernanda Gentil fez um balanço de sua carreira até chegar ao comando do Zig Zag Arena. À frente do programa, que estreia no dia 3 de outubro, na Globo, a apresentadora revelou ao Gshow:

“As expectativas são as melhores possíveis, só quero que o pessoal de casa se divirta, tenha um toque de leveza. Os participantes são maravilhosas. Acho que está um pacote muito redondinho. Foram várias fases [da carreira]. Sou trabalho futebol clube. Você nunca vai me ver num projeto pela metade, vou sempre dar 110%”.

O Se Joga foi desafiador, teve uma vida curta, o segundo [Se Joga] foi uma delícia, tinha outro formato, já tinha a minha cara ali, e o Zig Zag tem a minha cara. Não descarto nada do que vivi porque faz a gente ser o que é. Levo as críticas para amadurecer. Estou de corpo e alma, mais madura, mais pronta, tomara que só ladeira acima, evoluindo“, completou.

A apresentadora ainda deixou claro que sequer pensou na possibilidade de recusar o convite para liderar o programa. “É motivo para agradecer todos os dias. Desde que o Raoni me convidou, fico feliz por ele ter achado que tinha algo a acrescentar. Tinha uma carga do desafio que é o que me move. Me senti sortuda, honrada por receber o convite. A partir daí, só fiz estudar, mergulhei nas regras, entrei de cabeça e corresponder com as expectativas“, disse, reforçando:

“Juntou os dois mundos que eu amo: o esporte e o entretenimento. Faço um pouco de apresentadora, repórter de campo e narradora. O esporte com o entretenimento trazendo essa leveza num momento como esse de notícias pesadas”.

Diretor artístico do programa, Raoni Carneiro revelou como foi ser informado que teria que começar uma atração do zero: “Um dos maiores desafios que tive na minha carreira. Esse projeto chegou como encomenda no dia 1º de fevereiro, só com um time muito coeso para realizar em 7 meses. A pergunta que me fazia era: ‘quando era criança, como eu gostaria de brinca?’“.

Quando a gente é criança tudo vira grande, pensei que a gente tivesse que fazer uma coisa grande para se ver lá dentro. A primeira busca da ideia foi essa. A segunda sacada, lembro que vi uma imagem com vários pinballs. Aí começamos a brincadeira. A gente conseguiu construir um sonho“, seguiu.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›