Fernanda Montenegro volta à TV como negacionista em série sobre isolamento social

Fernanda Montenegro
Fernanda Montenegro encarna senhora negacionista em Amor e Sorte; veterana vai dividir cenas com a filha Fernanda Torres (Imagem: Fabio Rocha / Globo)

O último episódio de Amor e Sorte, série sobre conflitos pessoais em meio ao isolamento social que a Globo exibe entre 8 e 29 de setembro, terá Fernanda Montenegro como Gisela, senhora de 90 anos que resiste às medidas restritivas impostas pela pandemia de coronavírus. O texto de Antônio Prata – com criação de Jorge Furtado e direção artística de Patrícia Pedrosa – vai destacar as tentativas de Gisela de escapar do confinamento na casa de campo da filha Lúcia (Fernanda Torres).

A convivência forçada faz com que Gisela e Lúcia passem a relação a limpo. “Bem diferentes uma da outra, a convivência entre as duas não se mostra fácil, ainda mais porque a teimosa Gisela não aceita ficar trancada. Fora que Lúcia também demonstra dificuldades de se aproximar de uma mãe que ela sempre considerou negligente”, adianta a sinopse do episódio, disponível em plano oferecido pela Globo ao mercado publicitário.

Quase toda gravada remotamente, exceto pelo último episódio – Andrucha Waddington, marido de Fernandinha, conduziu os trabalhos in loco ao lado dos filhos Pedro e Joaquim –, Amor e Sorte conta ainda com Caio Blat, Luísa Arraes, Emilio Dantas, Fabiula Nascimento, Lázaro Ramos e Taís Araújo; os dois últimos em uma trama deflagrada pela resistência da esposa, Tábata, em participar de um panelaço na varanda ao lado do marido Cadu.

Fernanda Montenegro
Bianca Rinaldi no papel-título de A Escrava Isaura; resultados de audiência do último capítulo impressionam (Imagem: Divulgação / Record)

A Record divulgou nesta segunda-feira (24) os índices de audiência do último capítulo de A Escrava Isaura (2004) em diversas praças e no Painel Nacional de Televisão (PNT). Em Salvador, o desfecho do folhetim estrelado por Bianca Rinaldi atingiu 21 pontos contra 7 da Globo. Liderança também em Belo Horizonte (15 x 7) e Goiânia (12 x 7). Em São Paulo, vice-liderança com 11,1 pontos versus 3,9 do SBT; o mesmo se deu no Rio de Janeiro (11,3 x 4,3), no Distrito Federal (8 x 2), em Campinas (7 x 2), Vitória (8 x 3), Belém (10 x 5), Porto Alegre (5 x 4), Manaus (5 x 3) e no PNT (11 x 4).

Fernanda Montenegro
Marjorie Estiano nas gravações de Sob Pressão – Plantão Covid; série enaltece profissionais na linha de frente (Imagem: João Faissal / Globo)

Preparados para enaltecer Marjorie Estiano outra vez? O registro acima é da atriz durante as gravações de Sob Pressão – Plantão Covid. Carolina, personagem que rendeu a indicação de Marjorie ao Emmy Internacional, vai atuar em um hospital de campanha. O objetivo dos dois episódios acerca da pandemia de coronavírus, que a Globo exibe nos dias 6 e 13 de outubro, é enaltecer os profissionais de saúde que estão na linha de frente.

Nesta edição especial, todos os profissionais de saúde da série têm uma história forte, todos são protagonistas. Essa foi a forma que encontramos de homenagear essas pessoas”, ressaltou o autor Lucas Paraizo em comunicado oficial. Além de Carolina, a equipe médica conta com Evandro (Júlio Andrade), Décio (Bruno Garcia), Vera (Drica Moraes), Charles (Pablo Sanábio) e Mauro (David Junior); este último, neurocirurgião que também integra a temporada 2021 da produção.

Fica a dica

Vale conferir o primeiro capítulo de Mulheres Apaixonadas (2003), exibido pelo Canal Viva ontem às 23h – com reprise hoje (25) às 13h30; disponível a todo momento no Viva Play. Uma verdadeira aula de roteiro! Manoel Carlos apresenta tramas e personagens a partir de três eventos marcantes na vida de qualquer pessoa: um nascimento, uma morte e um casamento.

Aliás, o capítulo em questão conta com 1h30 de duração. Uma manobra da Globo para reconquistar o público perdido durante a complicadíssima Esperança (2002). Deu certo! A estreia de Mulheres Apaixonadas conquistou 45 pontos, 50 de pico e 62% de participação no número de televisores ligados (share) – dados garimpados pelo roteirista e pesquisador Eli Nunes.

Fernanda Montenegro
Giovanna Antonelli relembra Capitu, de Laços de Família, no Conversa com Bial desta terça-feira (25) (Imagem: Roberto Steinberger / Globo)

Por falar em Maneco… Giovanna Antonelli marca presença no Conversa com Bial desta terça-feira. O bate-papo passa, claro, por Laços de Família (2000). O folhetim que impulsionou a carreira de Giovanna – intérprete da prostituta Capitu – chega ao Vale a Pena Ver de Novo no próximo dia 7 e no Globoplay, na íntegra, dia 14. Ainda esta semana, Bial estabelece conexão com Eva Wilma, em mais um episódio do ‘Conversa’ sobre os 70 anos da TV no Brasil.

Fernanda Montenegro
BandNews Docs destaca participação de Zeca Camargo em especial sobre Cazuza; hoje, às 23h (Imagem: Reprodução / BandNews)

Já Zeca Camargo é o convidado do BandNews Docs, no ar às 23h. O diretor artístico da Band relembra detalhes da entrevista na qual Cazuza revelou a ele que havia contraído o vírus HIV; foi a primeira vez que o cantor falou a respeito da doença para a imprensa. O especial em homenagem ao poeta, que morreu há 30 anos, traz ainda depoimentos de Lucinha Araújo e Leo Jaime. Também imagens do bate-papo dele e de Marília Gabriela no lendário Cara e Cara, em 1988.

CONTINUE LENDO →

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.