Fernanda Montenegro
Fernanda Torres lembra ataque contra Fernanda Montenegro (Imagem: Reprodução / Globo)

Fernanda Torres saiu em defesa da mãe, Fernanda Montenegro, que aos 90 anos viu uma crítica pesada contra ela ser propagada pelo diretor da Funarte, Roberto Alvim. Na ocasião, ele chamou a atriz de sórdida.

Ao jornal Estadão, Fernanda destacou que após o ataque veio uma onda de apoio por parte do público e de nomes fortes da TV, teatro e cinema. “Esse ataque à mamãe acabou desencadeando um momento de apoio bonito. Apoio a uma mulher de 90 anos com uma história impressionante, é filha de operário, neta de gente que veio plantar café”.

“Fizemos do limão uma limonada”, refletiu a filha, que não mencionou o nome de Roberto no desabafo. “Esse cara está na Funarte, não tem jeito, não adianta reclamar”, lamentou, lembrando que o discurso ligado contra a Lei Rouanet e feito pelo atual governo não vem de agora.

“Em determinado momento, criou-se a Lei Rouanet e o dinheiro para cultura foi direcionado para isenção fiscal. Só que talvez isso não seja bom, porque a cultura fica dependente do Estado. A cultura tem que buscar independência do Estado, outros mecanismos para sobreviver”, argumentou Torres.

Crítica ao governo do preside Jair Bolsonaro (PSL), Fernanda Montenegro afirmou que a eleição foi democrática e legítima. “Eu sou contra reclamar. Isso não quer dizer que a gente não deva se posicionar, mas alimentar essas questões só reclamando não é a solução”, declarou.

🔔Boletim RD1 | Notícias dos Famosos