Figurantes expõem revolta após Globo se recusar a fazer testagem contra a Covid-19

Super Dança dos Famosos
Figurantes da Super Dança dos Famosos criticam a Globo (Imagem: Reprodução / Globo)

Uma polêmica começou a girar em torno das gravações que estão acontecendo nos Estúdios Globo. Toda sexta-feira, a emissora grava a Super Dança dos Famosos. Para a atração, uma turma de figurantes é chamada para ficar reunida em um auditório para bater palmas e cantar ao longo do programa.

Porém, nas últimas semanas, algumas pessoas desistiram de participar pois o canal não está realizando o teste para Covid-19 nessa equipe de contratados. Segundo o Notícias da TV, ao questionarem sobre o assunto, os figurantes são ignorados pelos funcionários.

Inclusive, eles também reclamam do valor do cachê, que foi reduzido desde a saída de Fausto Silva. Antes recebiam R$ 160 pelo trabalho, que começava 15h30 e terminava por volta das 20h30, agora passou para R$ 100 e o horário aumentou. O profissional tem de chegar à Globo às 14h.

Se arriscar por R$ 100 não dá não”, conta um dos figurantes ao site. “Eles fazem exame [para detectar o Sars-Cov-2] no Tiago [Leifert], no diretor e nos convidados e só. A equipe não faz, nem a gente que é claque. Na claque, a gente fica numa sala, sentado numa cadeira, cantando e batendo palma, com um microfone gravando o áudio para colocarem as palmas no programa. E o artista que está cantando ouve as palmas como se fosse uma plateia que estivesse perto dele, curtindo a apresentação“, explicou outro.

A Globo foi questionada sobre o assunto e justificou que só são testadas as pessoas que precisam retirar as máscaras. “São submetidos à testagem todas as pessoas que precisam tirar as máscara para gravar e aqueles que têm contato com quem grava sem máscara. Os demais colaboradores que transitam pelos Estúdios Globo seguem os protocolos de segurança da Globo, que estão de acordo com as orientações dos órgãos de saúde e incluem o uso de máscaras, circulação restrita e o distanciamento social como formas de prevenção à Covid-19. O pagamento da claque é de responsabilidade das agências contratadas”.

Outra fonte confidenciou que foi retirada da gravação porque questionou a testagem para a doença. Na ocasião, uma produtora destacou que não era necessário e que álcool em gel e máscara eram o suficiente. “Dão uma roupa preta para gente colocar, que não adianta de nada, e mandam você sentar na cadeira. Tem muita gente que mora longe, que pega trem, ônibus, passa por muitos lugares até chegar à Globo”, declarou o colaborador.

“Mas, quando questionei, falaram que tem muita gente querendo trabalhar e que, nesse momento difícil, eles [a Globo] precisam de ajuda. Mas eu não fui o único a sair, e mais pessoas têm se recusado a ficar lá trancado em um ambiente fechado sem fazer o teste”, complementou.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›