Filha de Gugu Liberato é alvo de boato sobre gravidez e reage

Gugu Liberato
Marina Liberato, filha de Gugu Liberato, fez breve desabafo no Instagram (Imagem: Reprodução / Instagram)

Alvo de rumores de que estaria grávida, Marina Liberato, filha de Gugu Liberato, falou sobre o assunto. Nesta sexta-feira (24), em conversa com os seguidores do Instagram, a jovem de 17 anos mandou a real.

Para quem não sabe, os boatos afirmavam que ela ou Sofia, sua irmã gêmea, estaria esperando um bebê.

“Não sei quem inventou que eu ou a Sofia estamos grávidas. Não sei o que a mídia tem, que inventa cada coisa. Mas nada a ver! Isso não é verdade“, garantiu.

Durante a semana, Maria já tinha respondido um questionamento no Instagram sobre a possibilidade de ser mãe. A garota, que está se preparando para a faculdade, deixou claro: “Acho que é muito cedo pra eu estar grávida agora”.

Vale lembrar que, recentemente, as gêmeas de Gugu e Rose Miriam chamaram a atenção na web ao dispararem uma acusação contra Aparecia Liberato, tia das duas.

“Minha tia e os advogados dizem que minha mãe não tinha união estável com meu pai, mas eles tinham sim, nós éramos uma família e só quem sabe a verdade somos nós, eu não sei porque eles não reconhecem minha mãe como companheira do meu pai, porque eu reconheço”, declarou Sofia em um vídeo publicado pelo colunista Leo Dias.

Antes eles queriam conversar comigo, mas quando eu discordei deles, não quiseram mais. Eles falaram que nunca vão aceitar que minha mãe era a companheira do meu pai e que era para gente não se meter em nada”, afirmou.

Na conversa com o jornalista, as jovens ainda afirmaram que, logo após a morte do artista, aconteceu uma reunião em que “ficaram falando que ela [a mãe] era barriga de aluguel e ela não era só barriga de aluguel“. Na ocasião, também foram “humilhadas” e “zombadas“, segundo o relato.

Ao que tudo indica, a relação com o irmão, João Augusto, também foi afetada pela situação: “A gente fica mal de saber que ele está sendo manipulado, mandei mensagem no WhatsApp e falei pra gente fazer um acordo, para a mamãe receber o mesmo que a minha avó recebe. Não é pelo dinheiro, é por ela ser reconhecida“.

MAIS LIDAS

Carol Bittencourt
Caroline Bittencourt é jornalista, pós-graduada em Comunicação e Design Digital. Atua como redatora e produtora de conteúdo para redes sociais.
Veja mais ›