Bolsonaro
Filho de Bolsonaro ataca Porta dos Fundos e Gregório Duvivier rebate ele (Imagens: Divulgação – Agência Brasil – Netflix / Montagem – RD1)

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) detonou, nesta quarta-feira (11), o especial de Natal da Porta dos Fundos, lançado pelo Netflix. O filho de Jair Bolsonaro citou o fato do filme trazer um “Jesus Cristo gay” como negativo.

O político ainda afirmou que A Primeira Tentação de Cristo se recusa a “pregar a palavra de Deus”. “A @NetflixBrasil acaba de lançar um Especial de Natal onde Jesus Cristo (@gduvivier) é gay e tem relações com @FabioPorchat, além de se recusar a pregar a palavra de Deus”, escreveu Eduardo.

“Somos a favor da liberdade de expressão, mas vale a pena atacar a fé de 86% da população? Fica a reflexão”, disparou o deputado federal, compartilhando uma montagem que diz que a Netflix “ataca cristãos”.

Gregório Duvivier reagiu a postagem do filho de Bolsonaro. “Caramba, tá todo o mundo assistindo mes-mo! Foda”, ironizou o artista e um dos sócios da Porta dos Fundos.

No polêmico especial da Netflix, Jesus (Gregório Duvivier) está prestes a completar 30 anos, quando é surpreendido com uma festa de aniversário enquanto voltava do deserto acompanhado do namorado, Orlando (Fábio Porchat).

Cabe lembrar que, desde 2013, o Porta dos Fundos publica especiais de Natal todo dezembro. O filme do ano passado, Se Beber, Não Ceie, venceu o Emmy Internacional por melhor comédia no final de novembro.

Você está ficando de fora...

Não perca nada!

Saiba tudo o que está em alta no Instagram dos Famosos.

SIGA AGORA