Furo do Jornal da Band escancara relação de ex-advogado de Bolsonaro e Queiroz

Jornal da Band
Matéria de Rodrigo Hidalgo para o Jornal da Band destacou relação de Fabrício Queiroz e Frederick Wassef; web aponta semelhanças com “caso Lula” (Imagem: Reprodução / Band)

O Jornal da Band desta quinta-feira (25) trouxe uma informação exclusiva a respeito da relação de Frederick Wassef e Fabrício Queiroz. De acordo com o noticiário da Band, o ex-advogado da família Bolsonaro hospedou o ex-assessor de Flávio, filho n° 1 do Presidente da República Jair Bolsonaro, em um apartamento que sua família mantém na Praia de Pitangueiras, Guarujá, litoral de São Paulo.

Queiroz foi preso na quinta passada (18), suspeito, assim como Flávio, de desviar recursos da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro enquanto o primogênito de Jair atuava como vereador. Fabrício estava alojado em outro imóvel de Wassef, um escritório de advocacia em Atibaia, interior de São Paulo.

A matéria de Rodrigo Hidalgo exibida hoje revelou que Fabrício Queiroz ficou durante cinco meses, logo após a cirurgia para a retirada de um câncer de colón, instalado em um prédio no Guarujá. O ex-assessor de Flávio Bolsonaro quase não saía do imóvel, exceto para buscar refeições que pedia por aplicativo; nestas ocasiões, surgia de boné e óculos escuros.

Durante tal período, Frederick Wassef fez constantes visitas ao apartamento da família. Juristas entrevistados pelo Jornal da Band afirmam que o advogado não cometeu crime, já que o hóspede não era foragido da Justiça. Frederick, porém, praticou violação ética, por “impedir” que Queiroz recebesse intimação e prestasse depoimento sobre o suposto desvio de recursos.

Fabrício e Flávio foram ligados, pelas investigações da Polícia Federal, à prática de “rachadinha”, quando servidores públicos devolvem parte dos salários pagos pela Assembleia Legislativa a parlamentares.

O que chamou atenção na reportagem da Band, além da relação íntima dos envolvidos – embora o advogado negue qualquer proximidade com o ex-assessor –, foram as cidades nas quais os imóveis estão localizados: Atibaia e Guarujá. A web logo relacionou a descoberta de Rodrigo Hidalgo e equipe ao “caso Lula”, ex-presidente acusado de adquirir um sítio em Atibaia e um apartamento no Guarujá com recursos ilícitos.

Confira:

CONTINUE LENDO →

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.

ALERTAS GRATUITOS