Gabriel Medina diz que está sendo injustiçado pelo COB por atitude com Yasmin Brunet

Gabriel Medina
Gabriel Medina reclamou do COB por atitude contra Yasmin Brunet (Imagem: Reprodução/ Instagram)

Gabriel Medina voltou a detonar o COB (Comitê Olímpico Brasileiro) por causa do credenciamento para a Olimpíada de Tóquio, que começa no dia 23 de julho. O surfista reclamou que a ida de sua esposa, a modelo Yasmin Brunet, como membro de sua equipe foi vetada.

“Estou me sentindo injustiçado porque nominei meu estafe, que é direito do atleta, segundo o que o COB falou. Eu poderia levar uma pessoa. E escolhi a Yasmin como meu estafe e não como minha esposa. Ela é meu estafe oficial desde o início do ano e, por acaso, minha esposa“, disparou o famoso ao jornal O Globo.

Gabriel Medina, que número 1 no ranking mundial de surfe, explicou que a esposa, que tem carreira de modelo, é responsável por consolidar suas estatísticas, ajudar com sua nutrição e lhe dar “apoio mental”.

“Ela tem funções técnicas que já foram especificadas ao COB. Eu a nominei e não estou sendo respeitado. Enquanto isso, todos os outros surfistas estão levando quem eles nomearam. Escolheram pessoas que estão ali no dia a dia ajudando e trabalhando de alguma forma. Não acho que o COB me deu uma justificativa plausível”, desabafou.

O brasileiro ainda afirmou que outros atletas tiveram seus acompanhantes autorizados pelo COB: “Negaram a ida da Yasmin, alegando que ela não é técnica ou coach. E outros surfistas não estão levando técnicos. O Ítalo [Ferreira] levará um amigo pessoal que faz análise de vídeos. E a Tatiana [Weston-Webb] terá o marido, que não é técnico, é surfista profissional”.

Questionado pelo jornal se ele pensa na possibilidade de não disputar os Jogos Olímpicos, Medina declarou que irá até sozinho ao Japão. “Eu estou muito triste e decepcionado. Sinto-me prejudicado e injustiçado. O COB e a CBS não estão deixando eu levar para a Olimpíada o estafe que eu estou indicando. Não estou colocando ninguém novo. Só eu não estou tendo meu direito respeitado”, finalizou.

A Olimpíada, cabe lembrar, contará com várias restrições por causa da pandemia de covid-19. O COI autorizou um número limitado de credenciais, e apenas estrangeiros com credencial serão autorizados a permanecer no país durante os Jogos.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›