Gênesis e Topíssima mantêm vantagem da Record sobre o SBT

Gênesis
Zécarlos Machado (Abrão) em Gênesis; Camila Rodrigues (Sophia) em Topíssima: novelas da Record mantêm vantagem sobre o SBT (Imagens: Reprodução / Record)

As novelas Gênesis e Topíssima (2019) estão mantendo a vice-liderança de audiência da Record, com vantagem sobre o SBT. Na última sexta-feira (7), de acordo com dados obtidos na Grande São Paulo, não foi diferente… O mesmo se deu com a reapresentação de Belaventura (2017) – esta, com índices ligeiramente acima dos do principal concorrente.

Entre 21h e 21h58, Gênesis rendeu 12,1 pontos, 13 de pico e 17,6% de participação no número de televisores ligados (share). No mesmo período, 6,4 para o SBT, então com Roda a Roda Jequiti e Chiquititas (2013). Em cena, o encontro de Abrão (Zécarlos Machado) e Melquisedeque (Paulo Figueiredo).

Já das 21h58 às 22h43, Topíssima registrou 7,1 pontos, 12,2 de pico e 10,9% de share. Aqui, 6,2 do terceiro colocado, apresentando Chiquititas e Programa do Ratinho. O foco esteve na discussão das irmãs Sophia (Camila Rodrigues) e Andréa (Letícia Peroni) e na prisão de Vitor (Vitor Novello).

Mais cedo, entre 15h20 e 16h33, Belaventura marcou 4,5 pontos, 8,3 de pico e 9,3% de share contra 4,4 do SBT. O folhetim de Gustavo Reiz aproxima-se do fim; a Record programou novas reprises de Prova de Amor (2005) e Os Dez Mandamentos (2015) – com estreias previstas para maio e junho.

Pela manhã, o canal fechou na terceira colocação com as edições nacional e local do Balanço Geral Manhã (2,3 e 3,5), o Fala Brasil (4) e o Hoje em Dia (3,8). O mesmo se deu com o Cidade Alerta (4,2), enquanto exibido para todo o Brasil, e O Patriota (2000) em Super Tela (3,7), exibido logo após Gênesis e Topíssima.

As demais atrações garantiram a segunda posição. O Balanço Geral SP emplacou 7,1 de média; a faixa do quadro A Hora da Venenosa consolidou 8,9. A versão do Cidade Alerta veiculada apenas em São Paulo conquistou 7,7. O Jornal da Record, por fim, atingiu 8,4 pontos.

Duh SeccoDuh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog "Vivo no Viva", repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›