Gênesis perde força e amarga recorde negativo de média semanal

Gênesis
Camila Rodrigues (Nadi) em Gênesis; mudanças de fase afetam audiência de novela da Record (Imagem: Reprodução / Record)

A fase Torre de Babel derrubou a audiência de Gênesis. A novela bíblica da Record amargou recorde negativo de média semanal com os capítulos exibidos entre 1° e 5 de fevereiro. Na sexta-feira (5), destacando as primeiras cenas da temporada centrada em Abraão (Zécarlos Machado), a trama registrou o pior índice desde a estreia.

Dados aferidos na Grande São Paulo mostram que, das 21h às 21h50, Gênesis marcou 11,8 pontos, 13 de pico e 17,4% de participação no número de televisores ligados (share). Neste período, 27,3 da Globo e 6,2 para o SBT.

No acumulado da semana, foram 13,9 pontos ante 15,8 dos quatro primeiros capítulos (18 a 22 de janeiro) e 15,6 dos cinco veiculados pela emissora semana retrasada (25 a 29 de janeiro).

Cabe lembrar que, os capítulos mais recentes, trouxeram a construção da Torre de Babel, liderada por Ninrode (Pablo Morais). O rapaz foi guiado pela mãe Semíramis (Francisca Queiroz), escandalosamente apaixonada por ele. Também a chegada de Terá (Ângelo Paes Leme) e Amat (Branca Messina), pais de Abrão, a Ur dos Caldeus.

Ainda na sexta, logo após Gênesis, a reprise de Topíssima (2019) garantiu somente 5,9 pontos, 11,6 de pico e 8,9% de share. Entre 21h50 e 22h45, 6,3 para o SBT e 31,7 da Globo. O Colecionador de Ossos (1999) emplacou 4,3 pontos, 5,6 de pico e 8,3% de share, das 22h45 à 0h38, para a Super Tela contra 19,6 da primeira colocada e 6,5 do segundo.

Ao longo do dia, a Record oscilou entre duas posições no ranking das emissoras de TV aberta. O Balanço Geral Manhã ficou atrás da Globo e do SBT tanto no bloco nacional (1,8), quanto no local (3,6). O mesmo para o Fala Brasil (3,5) e as edições matutina (4,3), vespertina II (5,6) e da madrugada (3,3).

A vice-liderança se deu com o Hoje em Dia (4,2), o Balanço Geral SP em sua porção jornalística (6,6) e durante o quadro A Hora da Venenosa (8,1), a reexibição de Escrava Mãe (5), o Cidade Alerta quando exibido para todo o Brasil (4,7 e 5,9) e a edição veiculada apenas para São Paulo (7,6) e o Jornal da Record (8,3).

Duh SeccoDuh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog "Vivo no Viva", repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›