Gil do Vigor reage furioso contra Bolsonaro e garante vontade de ajudar o Brasil

Gil do Vigor
Gil do Vigor desabafa sobre manifestações de ontem (Imagem: Reprodução / Globo)

Gil do Vigor usou suas redes sociais para soltar um desabafo a respeito da situação do Brasil e também comentou sobre os protestos que marcaram o Dia da Interpendência, nesta terça-feira (7).

O ex-BBB aproveitou e criticou o governo do atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Por meio da ferramenta Stories do Instagram, o economista conversou com os seguidores e disse que pretende encontrar uma maneira de tornar melhor a vida dos brasileiros.

Atualmente morando nos Estados Unidos, onde está fazendo o seu PhD, Gil disse que vai “se matar de tanto estudar” e busca alguma forma de ajudar o país.

“Independência é ter comida, é poder viver, é ter respeito, é a gente viver em um país em que a violência não mata os LGBTQIA+ a todo momento. É também ter comida, roupa e emprego. Eu oro pelo nosso país. Ele pode estar lascado hoje, mas eu vou me matar de estudar e, de alguma forma, eu vou ajudar o nosso país”, afirmou o ex-BBB.

Pelo Twitter, Gil do Vigor também se manifestou contra o atual governo e disse que o Brasil precisa de liberdade e menos julgamentos.

“Pensar em independência remete muito ao termo liberdade. Infelizmente, liberdade é algo que não temos no Brasil. Que esse 7 de setembro traga a vontade de sermos livres e de ser o que queremos, sem julgamentos. Não há o que comemorar sabendo o momento atual do país”, comentou ela.

Na semana passada, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não escondeu a sua admiração pelo ex-BBB. O encontro do petista com os ex-integrantes do reality show da Globo aconteceu durante uma live no Triangulando.

Depois que o economista falou da importância do Governo Lula para inserir pessoas mais pobres nas universidades, o ex-presidente fez uma observação.

O político comentou sobre a ida de Gil do Vigor para o PhD nos Estados Unidos. “Derrubaram a Dilma e tudo piorou neste país, e quando eu vejo você [Thelma], e vejo o nosso companheiro Gil, eu fico orgulhoso, porque, Gil, o país não está lascado, esse governo é que tá lascando o país. Mas se forme e volte para cá para ajudar a política de solidariedade e de fraternidade”, pediu ele.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›