Globo mergulha em “Brasil profundo” para Mar do Sertão, novela das 18h

Mar do Sertão
Mário Teixeira, autor de Mar do Sertão; Globo apresenta nova novela das 18h para o mercado publicitário (Imagem: João Miguel Júnior / Globo)

O horário das 18h, após várias produções de época, volta aos enredos contemporâneos no segundo semestre de 2022. A Globo programou Mar do Sertão, assinada por Mário Teixeira, para a faixa. A trama acompanha a história de amor entre Zé Paulino e Candoca (atores ainda não escalados), interrompida quando ela é levada a acreditar que ele morreu.

As informações sobre o folhetim foram divulgadas pelo fórum ePlay, a partir de material entregue ao mercado publicitário. No documento, a Globo afirma que a próxima empreitada das 18h parte de “um Brasil profundo como o oceano, reluzente como o sol, terra de coronéis e jagunços, da cruz e da espada, mas também de amor e simpatia, bondade e sacrifício”.

“Representa a seca infindável do sertão, as péssimas condições de vida que o povo carente está condenado e as heranças políticas de dinastias familiares que se perpetuam, principalmente nas pequenas cidades do Norte e Nordeste brasileiros”, finaliza o anúncio, indicando para um caminho bem diferente das últimas novelas do horário.

Mar do Sertão soa mais engajada em questões sociais do que as antecessoras. A Globo não costuma escalar tramas como esta para às 18h. Nos últimos tempos, a exceção foi Órfãos da Terra (2019), que abordou os dramas dos refugiados – e acabou laureada com o Emmy Internacional de Melhor Novela. Na década de 1990, a emissora propôs discussões mais profundas com Barriga de Aluguel (1990).

O folhetim contará com a colaboração de Carol Santos, Dino Cantelli, Luciana Pessanha e Marcos Lazarini. Vinícius Coimbra, responsável por Nos Tempos do Imperador, está escalado para a direção artística. Mar do Sertão marca a volta de Mário Teixeira às novelas das 18h, onde estreou com O Cravo e a Rosa (2000), após duas produções das 19h, I Love Paraisópolis (2015) e O Tempo Não Para (2018), e uma às 23h, Liberdade, Liberdade (2016).

MAIS LIDAS

Duh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog Vivo no Viva, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›