Globo não deve limitar Vale a Pena Ver de Novo às novelas das 21h

Vale a Pena Ver de Novo
Mateus Solano (Félix) em Amor à Vida, título sempre cogitado para o Vale a Pena Ver de Novo; Globo não deve seguir apenas com novela das 21h na sessão (Imagem: Divulgação / Globo)

A Globo, quando lançou a edição especial de O Cravo e a Rosa (2000), avisou que o Vale a Pena Ver de Novo passaria a abrigar apenas novelas das 21h. Títulos originalmente exibidos nas faixas das 18h e das 19h ficariam restritos à nova sessão de reprises. Mas, nos corredores da emissora, já há quem entenda que esta configuração logo se tornará inviável…

A pandemia de Covid-19, e a demanda de outros veículos do grupo, impactaram as escalações do ‘Vale a Pena’. Considerando a última década, apenas três grandes sucessos ainda não tiveram reapresentação, todos assinados por Walcyr Carrasco: Amor à Vida (2013), O Outro Lado do Paraíso (2017) e A Dona do Pedaço (2019).

Já dos clássicos com passagem recente pelo Canal VIVA, apenas Mulheres Apaixonadas (2003) está “à disposição”. Re-reprises de sucessos explorados durante a paralisação dos Estúdios Globo, como Fina Estampa (2011) e A Força do Querer (2017), não devem ocorrer tão cedo…

Obras das 21h também contam com sequências fortes e temas espinhosos, que podem ser prejudicados pelos cortes necessários para a adequação ao Vale a Pena Ver de Novo. Segundo Sol (2018), por exemplo, traz diálogos e ações referentes à prostituição, debate “delicado”. A Favorita (2008) idem, com cenas pesadas, especialmente na reta final.

Será que vem aí?

A jornalista Patrícia Kogut, de O Globo, informa: Força de um Desejo (1999) deve substituir Alma Gêmea (2005) no Canal VIVA em outubro. A novela de Gilberto Braga e Alcides Nogueira está no radar do canal desde 2019, quando chegou a ser anunciada para a vaga de Baila Comigo (1981). No ano seguinte, ‘Força’ quase pintou na sequência de Chocolate com Pimenta (2003) – tanto que, na ocaisão, acabou incluída na lista de resgates de clássicos do Globoplay com passagem pelo canal.

Homenagens

O GNT vai celebrar os 70 anos do reinado de Elizabeth II com três documentários – sempre aos domingos, 0h15. No dia 6, Elizabeth: A Rainha por Trás da Coroa detalha, através de filmes caseiros recém-descobertos, quem é a mulher que se sacrificou pelo dever. Em duas partes, exibidas nos dias 13 e 20, Elizabeth II – A Rainha traz o convívio da monarca com familiares como o filho, Príncipe Charles, e Meghan Markle, a Duquesa de Sussex, esposa do neto Harry. Por fim, no dia 27, O Reinado da Rainha Elizabeth revisita as sete décadas de poder.

O time todo

Eis o elenco completo de Todas as Garotas em Mim, destaque da coluna de ontem (2): Mharessa Fernanda, Adriana Garambone, Alexandre Barros, Ângelo Paes Leme, Rhaisa Batista, Clara Martins, Diego Kropotoff, Manuela do Monte, Aline Fanju, Malu Falangola, Maria Helena Chira, William Mello, Dani Gutto, Gabi Cardoso, Lucca Picon, Wesley Schmitt, Juan Alba, Juliana Knust, Caio Vegatti, Euller Scarpinelli, Gabi Borges, Gabriela Magalhães, Hall Mendes, Luana Camaleão, Luckas Moura, Juhlia Ficer, João Pedro Preticcione, Julia Zimmer e Luan Argollo.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Duh SeccoDuh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog Vivo no Viva, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.