Globo promove mudanças na chefia com saída inesperada de diretora

Globo
Globo movimenta diretoria após saída surpresa de Edna Palatnik (Imagem: Fabrício Mota / Globo)

Um dos nomes responsáveis pela criação da área de acervo da Globo, Edna Palatnik deixou o canal carioca após 23 anos de serviços prestados. Ela estava no comando do departamento de conteúdo e foi responsável pela nova safra de roteiristas de novelas da emissora.

O último ciclo foi de mais de duas décadas, mas Palatnik esteve na Globo muito antes, na década de 1970, quando conversou com Walter Clark (1936-1997), então diretor principal da empresa, e pediu autorização para a criação de um acervo com as produções feitas pelo canal.

Depois do grande trabalho, que reuniu bibliotecários e jornalistas, ela foi chamada para o setor da teledramaturgia e trabalhou ao lado de Dias Gomes (1922-1999) na Casa de Criação. O local reuniu nomes como Aguinaldo Silva, Marcílio Moraes, Euclydes Marinho e Ferreira Gullar (1930-2016).

Em 1985, ela deixou a Globo e partiu para a Manchete, onde assumiu a criação de um departamento de comunicação. Ela saiu da emissora três anos depois e trabalhou em uma livraria na Gávea, no Rio de Janeiro. Em 1998, Edna voltou para a Globo.

Em sua última passagem pela casa, ela ficou encarregada pelo relacionamento da Globo com os autores. Palatnik era um dos últimos nomes da antiga estrutura de criação da empresa, que contava com Carlos Henrique Schroder e Mônica Albuquerque. Aos 72 anos, Edna encerrou um ciclo que começou em 1998.

Segundo informações do Notícias da TV, ela não se adaptou ao novo momento da emissora, que demitiu Silvio de Abreu, uma das pessoas mais próximas dela, e deu mais espaço para as cabeças jovens, como José Luiz Villamarim, novo todo-poderoso da teledramaturgia, que acumulou sua função com Ricardo Waddington.

Foi graças ao trabalho de Edna que autores como Lícia Manzo (A Vida da Gente e Sete Vidas), Maria Helena Nascimento (Rock Story), Rosane Svartman e Paulo Halm (Totalmente Demais e Bom Sucesso), Claudia Souto (Pega Pega) e Manuela Dias (Ligações Perigosas, Justiça e Amor de Mãe) ganharam destaque.

Ela também esteve à frente de trabalhos para o Globoplay, serviço de streaming da TV, com o seu total envolvimento no desenvolvimento de novos projetos como as séries Aruanas e Desalma.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›