Globo
Globo registrou títulos de novelas escritas por Gilberto Braga e Mauro Wilson para 18h e 19h (Imagens: Divulgação / Globo)

A Globo solicitou o registro dos títulos “A Morte Pode Esperar” e “Feira das Vaidades”. O primeiro está associado à novela das 19h que marcará a estreia de Mauro Wilson, sempre ligado a humorísticos, no gênero; o segundo corresponde à tradução literal de “Vanity Fair”, romance de William Makepeace Thackeray adaptado por Denise Bandeira e Gilberto Braga para às 18h.

Os processos tramitam no Instituto Nacional da Propriedade Industrial desde 12 de julho. E indicam o desejo da emissora de apostar, em breve, nos dois textos.

Comédia romântica protagonizada por dois homens e duas mulheres, de acordo com a jornalista Patrícia Kogut, “A Morte Pode Esperar” deve “furar a fila” das 19h, tomando a vaga “reservada” para a autora Cláudia Souto – na sequência de “Bom Sucesso” e “Salve-se Quem Puder”. Mauro Wilson entregará o primeiro bloco de capítulos nos próximos dias, para apreciação de Silvio de Abreu, diretor de dramaturgia da emissora.

Caso aprovada, a direção artística caberá a Allan Fiterman, um dos responsáveis pelo apuro estético de “O Sétimo Guardião” (2018), folhetim das 21h.

“Feira das Vaidades” também deve pintar na tela da Globo no segundo semestre de 2020, após “Órfãos da Terra”, “Éramos Seis” e “Nos Tempos do Imperador” – causando o protelamento da sinopse de Alessandra Poggi. Conforme adiantado com exclusividade por esta coluna do RD1, a novela terá 104 capítulos. Em cena, duas amigas condicionadas ao papel de esposa; uma delas, amoral, sempre à caça de “oportunidades” para o marido falido.

Ainda não há informações acerca de elenco; nem mesmo do possível diretor da trama, que marcará o retorno de Gilberto aos trabalhos após a complicada “Babilônia” (2015).

A coluna procurou Gilberto Braga e Silvio de Abreu para eventuais posicionamentos a respeito dos títulos e do cronograma, mas não obteve retorno. A matéria será atualizada caso eles o façam.

🔔Boletim RD1 | Notícias dos Famosos