Globo vai indenizar filho de cinegrafista morto no voo da Chapecoense

Globo
Globo perde ação judicial após decisão de juiz do Rio de Janeiro (Imagem: Divulgação / Globo)

A Globo foi alvo de uma condenação da 28ª Vara Cível do Rio de Janeiro em um processo movido por Alisson Carlos Araújo Silva, filho de Ari Júnior (1968-2016), uma das vítimas da queda do avião da Chapecoense. Em 28 de novembro de 2016, 71 pessoas perderam a vida durante a tragédia.

Ari esteve no quadro de funcionários da Globo por quase 20 anos e era um dos contratados do canal do voo. Ele estava acompanhado dos repórteres Guilherme Marques e Laion Espínola, além do produtor Guilherme van der Laars.

O herdeiro do cinegrafista entrou com uma ação judicial depois que o canal da família Marinho não cumpriu um acordo de indenização, definido em maio de 2017. Na época, Alisso Araújo viu descontado R$ 196.124,53 do Imposto de Renda.

Por meio dos seus representantes jurídicos, de acordo com as informações do Notícias da TV, Alisson alegou que uma indenização do tipo não caberia um desconto por pagamento de impostos e que a Globo deveria ter sido a responsável pelo pagamento, sem abatê-lo no valor pago.

Na sentença, o juiz Erick Scarpin Brandão entendeu o mesmo que o filho de Ari Júnior. “O Instrumento Particular de Transação estabelece o valor a ser pago na Cláusula 3.1, sem qualquer menção a eventual incidência de tributo, o que ensejaria a redução do montante a ser recebido, levando à crença do beneficiário de que receberia, na integralidade, a quantia expressa no contrato”, avaliou.

O magistrado condenou a Globo ao pagamento de R$ 302,075,42 de indenização a Alisson Carlos, além de juros de 1% ao mês desde o início do processo, em 2020, assim como o valor das custas processuais e os honorários dos advogados do filho do cinegrafista.

Em 2016, a emissora carioca divulgou a queda do avião na madrugada do dia 28 de novembro. Monalisa Perrone, na época âncora do Hora 1, deu as primeiras informações sobre a tragédia. A emissora parou a programação normal e exibiu uma cobertura extensa sobre o caso.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›