Globoplay anuncia medida preventiva em tempos de quarentena

Globoplay
Globoplay diminui qualidade das imagens para não sobrecarregar internet em tempos de pandemia do coronavírus (Imagem: Divulgação / Globoplay)

O Grupo Globo adotou novas medidas, tendo como principal intuito garantir a estabilidade do seu streaming, o Globoplay. A preservação da infraestrutura da internet brasileira é uma forma de se precaver diante do grande aumento dos acessos, devido à quarentena imposta à população, após a pandemia do coronavírus.

Com as novas medidas, o Globoplay e os demais serviços da emissora que disponibilizam vídeos on-line terão uma limitação na entrega dos dados. A mudança teve início no último dia 23. Com isso, foi gerado um perfil com um consumo de tráfego mais modesto, assim evitando ao máximo que o serviço entre em colapso estrutural.

A troca de dados de um modo estável e seguro, e com qualidade, em todas as plataformas é o objetivo final que o Grupo Globo vem buscando assegurar nesse período atípico, com um aumento desproporcional no número de acessos.

Já os perfis que possuem uma resolução maior, como o 4K e Full HD (1080p), deverão ser temporariamente suspensos, e substituídos por um outro de resolução menor. Sendo assim, o nível de qualidade máxima para conteúdos ao vivo, e também em VOD, que será utilizado a partir de agora é a HD (720p). Com uma taxa de bitrate praticada na resolução Full HD de 5,8 Mbps, caindo para 2,8 Mbps em uma transmissão HD.

Com essas mudanças, um capítulo de uma novela, que tem ao todo 60 minutos todo em conteúdo Full HD, antes consumia 2,5 GB; após o dia 23, 1,2 GB, assim conseguindo uma economia de 52%.

A mudança afeta também o conteúdo do G1, do Globoesporte.com, do GShow, além do Globosat Play. Vale ressaltar que a nova medida só irá afetar o tráfego na rede; assim não irá impor nenhum novo limite para a quantidade de vídeos, nem tampouco para as horas de acessos aos serviços.

WordPress Lightbox