Globoplay
Caso do menino Evandro Ramos Caetano, conhecido como As Bruxas de Guaratuba, será contado em série do Globoplay (Imagem: Reprodução / Projeto Humanos – Ivan Mizanzuk)

O Globoplay e a Glaz – produtora de Cine Holliúdy – estão envolvidos na adaptação do caso Evandro Ramos Caetano, também conhecido como As Bruxas de Guaratuba, para o formato de série. O sequestro e assassinato do menino de 6 anos, ocorrido em 1992 numa cidade litorânea do Paraná, será contado em oito episódios de uma hora.

O lançamento está previsto para julho, de acordo com informações dos jornalistas Alessandro Giannini e Patrícia Kogut, de O Globo. O crime voltou à cena após o lançamento da quarta temporada do podcast Projeto Humanos, de Ivan Mizanzuk. Os relatos acerca da morte de Evandro e da investigação entraram para a lista de mais ouvidos do país.

Agora, além de série dirigida pelo cineasta Aly Muritiba, o caso Evandro também será transformado em livro; ambos com participação de Mizanzuk no texto.

Evandro Ramos Caetano desapareceu em 6 de abril de 1992; seu corpo foi encontrado 5 dias depois, repleto de mutilações – sem couro cabeludo, mãos e órgãos vitais. As investigações apontaram para o envolvimento de esposa e filha do prefeito da cidade, Celina e Beatriz Abagge. Ao todo, sete pessoas foram relacionadas ao crime.

O primeiro julgamento, que tornou-se o mais longo da história da Justiça no Brasil (34 dias), acabou inocentando Celina e Beatriz. Os desdobramentos da investigação trouxeram implicações relacionadas às polícias civil e militar e ao cenário político local; até mesmo a identidade do cadáver sepultado como Evandro foi questionada.

🔔Boletim RD1 | Notícias dos Famosos