Gusttavo Lima curte viagem em família após polêmica com cachê

Guinho Santos

30/06/2022

Gusttavo Lima

Gusttavo Lima curtiu momento especial (Imagem: Reprodução / Instagram)

Após todo bafafá que rolou com seu nome por conta dos cachês milionários recebidos de prefeituras, Gusttavo Lima tirou um tempo para curtir e relaxar na companhia da família.

O cantor aproveitou para celebrar o aniversário de 5 anos do filho Gabriel durante um passeio no iate da família por Angra dos Reis, no Rio de Janeiro.

Nas redes sociais, o músico postou fotos com o primogênito e o caçula, Samuel, frutos do relacionamento com Andressa Suita.

“Day off”, disse ele, pouco antes de revelar o destino. Já no barco, Gusttavo mostrou o bolo de celebração do filho e, na legenda, se declarou para ele.

“Comemorando mais um ano de vida do Gabriel. Parabéns filho por mais um ano de vida, parabéns pelos seus 5 anos, papai te ama muitoooo… Junto com os meus“, escreveu.

Gusttavo Lima bomba em lista de shows investigados pelo Ministério Público

A partir do momento que Zé Neto, da dupla com Cristiano, soltou o verbo contra a Lei Rouanet e Anitta, uma onda interminável abalou a vida financeira do mundo sertanejo por conta das investigações do Ministério Público sobre o valor dos cachês e Gusttavo Lima e mais artistas surgiram numa lista.

Desde o dia 13 de maio, a dupla sertaneja provocou em um show contratado com dinheiro da prefeitura de Sorriso, no Mato Grosso, e de lá para cá pelo menos 36 cidades entraram na mira de investigações por conta de shows e festivais com artistas consagrados com patrocínio de dinheiro público.

Dentro de todas as investigações, segundo o UOL, o nome mais citado nos contratos investigados é Gusttavo Lima, com valor de cachê que pode ultrapassar R$ 1 milhão. Por enquanto, o sertanejo teve problemas em pelo menos cinco apresentações nos estados de Roraima, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Bahia e Ceará.

Logo após Gusttavo Lima, na mesma lista, surgem Wesley Safadão, Xand Avião, Bruno e Marrone, Simone e Simaria e Ávine Vinny e Nattanzinho. Vale lembrar que eles não são investigados, mas sim as prefeituras responsáveis pelos acordos.

O Ministério Público colocou as seguintes cidades na lista: São Luiz (RR), Conceição de Mato Dentro (MG), Teolândia (BA), Magé (RJ), Viçosa (AL), Bom Jesus (RS), Mossoró (RN), Vitória do Mearim (MA), Barra do Corda (MA), Iguatu (CE), Acopiara (CE) e Forquilha (CE).

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Guinho Santos
Escrito por

Guinho Santos

Guinho Santos é formado em Jornalismo e escreve sobre o universo das celebridades há dez anos. Reality show, bastidores da TV e novelas também são seus pontos fortes. Além disso, possui experiência como Social Media e apresentador. Seu canal na web é através do Instagram @guinhosantos__.