Hans Donner revela como Valéria Valenssa foi demitida da Globo e surpreende

Hans Donner
Valéria Valenssa fez história no Globeleza (Imagem: Divulgação / Globo)

Valéria Valenssa foi o rosto do Carnaval da Globo durante quase 15 anos e até hoje é lembrada como a “Globeleza”. A criação do visual e até a contratação da famosa veio a partir de Hans Donner, com quem ela tem dois filhos e foi casada durante 27 anos.

Ao UOL, o criador de aberturas de novelas e programas da emissora carioca lembrou de quando ela foi demitida do posto e afirmou que não acreditava que isso aconteceria.

“Decidiram mandá-la embora e ela me olhou: ‘Você vai deixar?’. Não sou o dono da Globo. Imagina conviver com alguém que acha que você tem o poder para mantê-la. Ela sabia que um dia gradativamente sairia [do posto de Globeleza]. O Pelé está onde? Alguém vai ser Pelé um dia de novo? Não sabemos, mas é o Pelé. A Valéria é insubstituível. E a Globo não acreditava nisso. Eu não acreditava”, desabafou ele.

Hans garantiu que não foi avisado com antecedência que Valéria, com quem já era casado na época, seria dispensada. Ele disse que a eterna Globeleza recebeu a notícia da demissão ao seu lado: “Fui pego de surpresa. Imagina que um buraco se abriu embaixo da Valéria”.

“Ela assumiu o papel da melhor maneira possível. Jamais teve alguém igual. Fizemos mais de uma década de um trabalho que as pessoas esperavam ver em todo Carnaval. Como a Valéria vai vir?“, afirmou ele.

Hans Donner ressaltou também que, na época, já não palpitava mais como antigamente em projetos artísticos da emissora. Inclusive, ele não teve relação com a nova vinheta da Globeleza, que agora conta com roupa e com um conceito completamente diferente do que ele criou.

“Vieram limitações, não podia mais ter nudez. Eu falei, po***! A partir do momento que fizemos uma pureza com o nu… Não era nu. Era arte. Não é fácil fazer isso e nós conseguimos. Valéria não foi um objeto sexual. Já a Isadora [Ribeiro] foi um pouco mais porque ela tinha uma provocação, um apelo”, disparou o ex-Globo.

Na entrevista, ele ainda disse que o canal errou em não mudar o nome da cobertura do Carnaval, que até hoje é associado à Valéria Valenssa.

“Tinha que mudar o nome. Se você manda a Globeleza embora, cria um nome. Mas não tenta copiar ou achar alguém para substituir. E não tenta criar um desenho com a qualidade como eu consegui com a minha ex-mulher. Aquele traço na bunda estava no lugar certo. Tudo o que fizeram depois? Meninas bonitas, mas não tinha o sorriso da Valéria. A Valéria tinha uma constelação que Deus falou, é o seu papel”, opinou.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›