Homofóbico, Gilberto Barros reafirma preconceito em novo vídeo e pede apoio

Gilberto Barros
Gilberto Barros pede apoio após fala homofóbica (Imagem: Reprodução / YouTube)

Gilberto Barros pediu apoio para os seus seguidores nas redes sociais após ter sido alvo de ataques na web por uma fala homofóbica durante um bate-papo com Sonia Abrão. O apresentador, sem contrato com nenhuma TV há alguns anos, pediu para que os seus fãs “fiquem espertos”.

Em seu canal no YouTube, o famoso desabafou: “Fiquem espertos e me apoiem, me ajudem, porque eu faço isso aqui não é para mim não. Eu faço isso aqui para justamente combater o que estaria acontecendo com as pessoas de bem desse país”, afirmou

Para ele, sem o seu trabalho, as pessoas perderiam a liberdade. “Sendo policiadas, perseguidas, mas como é comigo eu não vou reclamar. Eu só espero e sempre esperei que, como eu defendo os amigos, meus amigos também, sabendo quem sou eu, estejam do meu lado, porque o bicho vai pegar”, afirmou.

A confusão entre liberdade de expressão e homofobia foi produzida durante uma entrevista com Sonia Abrão durante uma live. Ele foi questionado pela apresentadora da RedeTV! sobre a sua saída da TV.

“Eu tinha que acordar às 2h30, 2h, e ainda presenciar, onde eu guardava o carro na garagem, beijo de língua de dois ‘bigode’, porque tinha uma boate gay ali na frente”, reclamou ele, que surpreendeu e disse que seria capaz de bater nos dois.

MAIS LIDAS

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›