Ilha Record estreia com divisão de equipes, provas acirradas e primeiras tretas

Ilha Record
Estreia do Ilha Record tem divisão de equipes, provas acirradas e primeiras tretas (Imagem: Reprodução / PlayPlus)

Depois de muita espera, o Ilha Record estreou na TV nessa segunda-feira (26), com o comando de Sabrina Sato. No primeiro episódio, já rolou uma divisão de equipes regada a muita treta, provas que exigiam os mais diferentes tipos de habilidades e o destaque para o convívio entre os 13 participantes.

Saiba tudo sobre o Ilha Record na cobertura do RD1

Logo de cara, os ilhados foram recepcionados pelo guardião, que é uma figura misteriosa que traz as mensagens aos famosos. Num barco rumo à ilha, todos eles precisavam nadar até o lugar onde eles seriam acomodados e os dois primeiros virariam os comandantes das duas equipes desse ciclo: esses foram Thomaz Costa e Claudinho Matos. Vale lembrar que os eliminados não deixam o programa e sim irão para o Exílio.

O ex-MTV tratou logo de escolher Lucas Selfie para a Equipe Rubi, elogiando o espírito estrategista do apresentador. Thomaz usou a mesma justificativa e colocou Pyong Lee na Equipe Esmeralda.

Quando pediram a Claudinho que rejeitasse alguém, automaticamente enviando para outra equipe, ele apontou o nome de Dinei e se explicou: “A minha estratégia será baseada na prova de hoje. É uma pessoa que tem um pouco mais de dificuldade que a gente, é o Dinei. Por ele ser uma pessoa mais velha, no atual momento, eu não gostaria de tê-lo na minha equipe”. O ex-jogador não reagiu bem: “Confusão. A paz acabou. Sua vida vai virar um inferno”.

O ator tirou Nadja Pessoa do seu grupo, alegando que a ex-mulher de D’Black não se deu bem na primeira prova. Ela comentou à novidade e logo se irritou: “Fui rejeitada, Sabrina, arrasada. Foi um prejulgamento por conta da primeira prova”.

Além do líder, da ex-Fazenda, e do ex-integrante do Pânico na TV, a equipe Rubi foi completada por Any Borges, Laura Keller e Mirella Santos. Antonela Avellaneda, Nanah Damasceno, Valesca Popozuda e MC Negão da BL se juntam ao ex-jogador, ao ex-BBB e ao galã teen na equipe Esmeralda. O youtuber, por sinal, ficou emocionado ao ganhar R$ 5 mil.

Sobre a primeira disputa em equipes, a primeira bateria de provas exigia agilidade e força. Laura começou batendo Nanah, mas acabou sendo derrotada por Claudinho no segundo confronto, e também por Negão da BL. A segunda etapa pedia força e velocidade, com os participantes carregando objetos de um lado para o outro, e Dinei superou a rejeição ao vencer Nadja com folga. O MC voltou à cena e derrotou Lucas, que vacilou por uma desatenção.

A terceira dinâmica trouxe a natação de volta e o objetivo era buscar uma bandeira no mar. Any até começou bem, mas Antonela protagonizou uma recuperação pelo time Esmeralda. Pyong se destacou pela rapidez e deixou Mirella pra trás, literalmente. O quarto circuito era de pontaria e, numa concorrência acirrada, Lucas superou Valesca e Pyong Lee em sequência.

A última parte demandava raciocínio lógico dos participantes e o ex-marido de Sammy Lee chocou os presentes com sua agilidade excepcional numa espécie de quebra-cabeça, batendo a Gêmea Lacração (mais uma vez) e Nadja, que comentou: “Eu pisquei o olho e acabou”. No fim de tudo, o grupo comandado por Thomaz levou a melhor na soma de pontos e cada um levou R$ 5 mil em prêmios da empresa patrocinadora.

Vale um destaque para a aproximação polêmica de Pyong com Antonella. O pai de Jake se juntou à argentina e jogou o papo: “Não parece que a gente tá há vários dias já, né? Você vai ver que uma semana vai parecer um mês. Quer dizer, você já passou pela experiência. É muito maluco”.

Confira:

Matheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›