Ingrid Guimarães fala pela primeira vez de abortos que sofreu durante filmagens

Ingrid Guimarães relembra processo de aborto durante trabalhos (Imagem: Reprodução / YouTube)

Atriz de sucesso, com diversas produções no currículo, Ingrid Guimarães prefere manter a discrição quando o assunto é a vida pessoal. Em entrevista à revista Época, a famosa revelou que já sofreu abortos espontâneos durante umas filmagens.

“Fiz filmes grávida que ninguém soube, perdia o neném no meio. Não sabiam que, naquele momento da filmagem, eu tinha acabado de perder“, confessou a humorista, que seguiu dizendo:

Não queria que as pessoas soubessem. É algo que nunca contei, que guardo todos estes anos. Vejo mulheres que esconderam a gravidez na pandemia e fazem Zoom focado na parte de cima do corpo para não perder trabalho”.

Durante a conversa, Guimarães relembrou de profissionais que foram importantes durante esse processo, a exemplo da produtora Mariza Leão, que fez parte do filme De Pernas Pro Ar, em 2010. Nos bastidores, ela facilitava para que a atriz pudesse amantar durante as gravações.

Eu levava a bebê, a babá, minha mãe e amamentava de três em três horas. Como o set é muito masculino, os homens ficavam meio: ‘Pô, vai parar?’. E eu amamentando com um monte de vibrador em volta (risos). E assim foi toda a minha carreira, em meio a outras tentativas de engravidar. Todas frustradas“, contou Ingrid.

Ao falar sobre a maternidade associada ao trabalho, a mãe de Clara, que nasceu em 2009, afirmou que chegou a se questionar se estava desperdiçando a infância da filha, principalmente durante a quarentena da Covid-19:

“Pensava: ‘Preciso tirar ela do celular para fazer coisas junto, daqui a pouco ela vira uma mulher’. Estou lendo um livro legal: As coisas que você só vê quando desacelera. Eu nunca parei, meus pensamentos eram com hora marcada. E, quando você não tem função, começa a ter outro tipo de pensamento“, avaliou a apresentadora do GNT.

A proximidade da morte com a pandemia fez com que a gente se colocasse em outro lugar em relação a nossos valores. Gravei novela até os oito meses de gravidez. Tinha conseguido minha primeira protagonista de cinema, em De Pernas pro Ar, quando engravidei. Era o sonho da minha vida fazer cinema, ainda mais aquele filme, com aquela mulher com a qual me identificava“, relembrou.

Ao mesmo tempo, tinha esperado 36 anos para ser mãe, o que fui mais tarde por causa do trabalho. Tinha culpa por torcer para o filme e a novela darem certo. Porque achava que aquilo poderia querer dizer que eu não queria aquela criança. A culpa já começou ali… Hoje, as mulheres lidam com isso de maneira mais natural”, afirmou a atriz.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›