Irado, José de Abreu xinga Bolsonaro após presidente saudar a cloroquina com manifestantes

José de Abreu
José de Abreu se revolta contra Bolsonaro (Imagem: Reprodução / Instagram)

José de Abreu ficou revoltado com a atitude do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante a manifestação de bolsonaristas na porta do Palácio da Alvorada, em Brasília, no último domingo (19). Diagnosticado com a covid-19, o político quebrou o protocolo e ficou próximo do público.

Em tom político e longe da questão científica, o “capitão” tirou do bolso uma caixa de cloroquina e a levantou com os braços para os manifestantes, como se estivesse saudando o remédio que já teve a sua ineficácia comprovada no combate contra o novo coronavírus.

Indignado com a postura do Chefe do Executivo, José de Abreu rasgou o verbo no Twitter. “Grande genocida filho da puta!”, disparou o veterano, que completou em outro post: “Charlatão! Passível de processo”.

No encontro com o eleitorado, Bolsonaro tirou a máscara da posição correta e falou com apoiadores, contrariando recomendações de autoridades sanitárias, e fez propaganda do remédio. Ele permaneceu por cerca de 50 minutos conversando com os fãs.

De olho na reeleição, o Chefe do Executivo especulou: “Estamos nos preparando para 22. Tudo tranquilo, vai sair o partido. Lógico que sempre tem uma alternativa caso dê errado, mas vai ser bem diferente de 2018. Pode acreditar na democracia, que nós vamos mudar o Brasil com as armas da democracia”.

Confira:

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›