Irônico, Thiago Gagliasso pede “Lula livre”, elogia a Globo e fala de Felipe Neto

Thiago Gagliasso
Irmão de Bruno Gagliasso, Thiago Gagliasso toma atitude inusitada em rede social (Imagem: Reprodução / Instagram)

Apoiador de Jair Bolsonaro (sem partido), Thiago Gagliasso surpreendeu os seus seguidores com mensagens que os apoiadores do presidente da República não costumam concordar. O irmão de Bruno Gagliasso falou da Globo, do ex-presidente Lula (PT) e até de Felipe Neto.

Tudo isso foi feito na sua “bio” do Instagram. “#Lulalivre”, “#Ciro12”, “Globo Linda!”, “Bonde do Jacarezin só bandido bom, vem!”, “BBB22!”, “Gagliasso”, “Ex Fazenda!”, “#genocida” e “I love Felipe Neto” são as expressões que agora compõem a página do ator.

Em postagem, Thiago Gagliasso falou sobre o assunto e mostrou que a atitude foi tomada como forma de ironizar os rivais do presidente.

“Quero ver o Instagram não me promover agora… A gente é Brasileiro, esquece… criatividade é nosso dom! Hahahahahahha entendedores…”, disparou o famoso.

Ele ainda escreveu: “Quero no mínimo, 2 mil coments… se não, voltarei a ser Minion… bora rapeize! Conto com vocês”.

Em março, Thiago voltou a falar o que pensa sobre a Lei Rouanet e a forma que ela foi utilizada no passado. Durante sua participação no Resenha Proibidona, apresentado por Leo Dias e Dede Galvão, o ator detonou os artistas que usufruíram da lei.

Apesar de ressaltar que é a favor do incentivo, o ator disse que é contra a forma que ele foi usado nos governos anteriores. De acordo com ele, a maneira como tudo foi conduzido fez com que acontecesse um “rombo” pela falta de prestação de contas.

“São 14 bilhões que não prestaram conta. Não estou falando que ninguém roubou, que pegaram ou que sou contra. Estou falando que não prestaram conta!”, disparou o irmão de Bruno Gagliasso.

Para Thiago, os atores que participaram de filmes beneficiados pela Lei Rouanet deveriam devolver os cachês: “Se eu sou um ator eu falo meu filme é esse aqui, meu salário foi esse e devolvo o meu cachê. Vê se esses caras fazem isso?! Tudo sem vergonha!”.

“Um filme como Meu Passado Me Condena, com o Fábio Porchat, que é um puta profissional, sou fã dele mas esses caras não precisam desse dinheiro para fazer filme, isso não existe ou então faz uma contrapartida. Estão sempre no Village Mall, Cinemark você não vê uma entrega social disso”, analisou o artista.

Luiz Fábio AlmeidaLuiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna "Do Fundo do Baú", publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email [email protected]
Veja mais ›